https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Pesadelo (AjAraujo)

 
Open in new window

P esam sobre mim todos os pesares

E scravo de todos os sofreres

S oldado era de todos, o alferes

A rmeiro forjo a espada

D uelo e cravo na espádua

E m sangue da legião romana

L iberto a gente do império

O senhor da guerra me impõe o silêncio...

de morte!

AjAraújo, o poeta humanista, escrito em 24 de abril de 2010.

Charge: Laerte ~ justiça "cega" ou blindada ou seletiva, funciona para apenas o que lhe interessa combater.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
438
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.