https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DOR DE VÂNIA /AMOR PRIMEIRO

 
DOR DE VÂNIA
Autor: Carlos Henrique Rangel

Como a lança que fere,
Por que lançou seu fruto
Sobre mim?

Que mal te fiz
Para essa dor?

Como ficam os seus
Se mais apresenta?

Como cuidar de mais
Se menos cuidou
Dos que estão?

Bebe da fonte que rasgou.
Sinta a dor que provoca.
Mata-me em vida
Amor que tive.
Que meus olhos úmidos
Te acompanhem a sina.

AMOR PRIMEIRO
Autor: Carlos Henrique Rangel

Nada sairá de onde está.
Aqui dentro só eu...
Você ocupou o seu lugar
Não há volta.
Desapareça...
Se desfaça no mundo.
Mas não há como me abandonar.
Será eterno como eu o que foi.
E o que doeu doerá sempre
Mesmo que você nunca mais.
Não é tortura tudo isso.
O que foi bom também está lá
E ressurge sempre
Quando não espero...
Você será eternamente jovem
Amor primeiro.
Aqui dentro só eu...

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
560
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 13/04/2013 03:26  Atualizado: 13/04/2013 03:26
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: DOR DE VÂNIA /AMOR PRIMEIRO
interessante o diálogo de um poema com o outro. bjs