https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Escada Para O Céu

 
E assim...
Vi-te dissolvendo ao vento,
A deus-dará, à própria sorte,
Mal maior não me faria a morte
Nem a pesada mão do Tempo...

E assim...
Meus olhos te viram se indo
Nada ardia dentro de mim.
Ficou uma fumaça de um fogo sem fim
Que foi se esvaindo, esvaindo, esvaindo...

E assim...
Acabou-se como que por encanto.
Que doeu profundo, não negarei.
Aliás, doeu tanto, tanto, mas tanto,
Que juro que ia sorrir.
Mas confesso que chorei.

Não direi que chorei oceanos.
Ou que foram de sangue minhas lágrimas.
Apenas direi que tamanho foi o dano
Que eu queria era somente uma escada
Que me levasse até onde moram os... Anjos!


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3233
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
16
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/07/2010 01:57  Atualizado: 30/07/2010 01:57
 Re: Escada Para O Céu / Gil
Gyl, do que se chora dizem as cigarras e cantam as formigas - dói para lá de todo coração , sejam oceanos ou pequenas gotas sobre a mão!

Muito belo

Um grande abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/07/2010 02:15  Atualizado: 30/07/2010 02:15
 Re: Escada Para O Céu
Quem dera se pudessemos com uma escada buscar o anjo no céu... eu tbm queria ir buscar o meu... muito lindoooo, parabéns Gyl, beijos poeta.


Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 30/07/2010 02:19  Atualizado: 30/07/2010 02:19
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Escada Para O Céu
Chora...Chora poeta, doí como doi,mas aqui na terra tem anjos que te fazem um carinhos e tudo isto passa.
Sinceramente gostei da tua poesia!
Abraço!

Varenka


Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 30/07/2010 02:28  Atualizado: 30/07/2010 02:28
Da casa!
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 272
 Re: Escada Para O Céu
Tocante, extraordinário poema…

…na vida, nos perdemos , deixamos de ver as gotas das luzes porque convulsamos as gotas da chuva, temperadas de sal amargo…

Mas tens tempo, um dia, daqui a muito tempo, de vestir as asas e regressares a casa…

Um abraço


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 30/07/2010 02:30  Atualizado: 30/07/2010 02:30
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Escada Para O Céu
Poema de amor rasgado, que sangra.Senti como um bolero bem cantado, Gyl.
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/07/2010 05:18  Atualizado: 30/07/2010 05:18
 Re: Escada Para O Céu
Um poema de um amor não correspondido. Achei triste.
Mas deu o recado, esta bme escrito.

Parabéns! E obrigada por voltar me comentar.rs

Beijo

Rosangela


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 30/07/2010 12:11  Atualizado: 30/07/2010 12:11
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Escada Para O Céu p/Gyl
Arrepiante e comovente este poema, que me leva a outra direcção, a uma outra interpretação.

bj
eduarda


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 30/07/2010 14:14  Atualizado: 30/07/2010 14:14
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Escada Para O Céu
Subir ao céu em certos dias dava jeito, mas tenhamos fé na vida, que outros dias sorrirão.
Hoje triste amanhã sorridente e o Amor esse sempre andar por perto.
Poema de amor sofrido este de hoje Gyl, melancólico que encanta e entristece, mas não deixa de ter beleza.

Beijo com carinho