https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

Tristeza da Manhã

 
Hoje eu não quero ler!
Então me disseram pra escrever;
Mas escrever sobre o quê?
Se nem mesmo sei o porque
Que desejo tanto o 'novo' ver!

Tenho ao alcance dos olhos, beleza!
Reconheço também tal grandeza;
Dessa força que move as nuvens que vejo
Trazendo sombra ao lado que almejo!
Então, por que insiste a tristeza?

É mesmo tola a emoção confusa...
Não passa mesmo de uma intrusa!
Se sobressai agora pela manhã;
Mas logo a tarde se fará irmã...
E eu não serei mais sua fã!

30/07/2010

--
Van


Van

 
Autor
vanriz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
898
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
10
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/07/2010 15:31  Atualizado: 31/07/2010 15:31
 Re: Tristeza da Manhã
Tenho a honra e o privilégio de ser eu a comentar este poema maravilha. Um sentimento que nos assalta a todos na hora de escrever. Saiu um poema maravilha

Favorito!

Parabéns Van

Beijo azul


Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 31/07/2010 15:42  Atualizado: 31/07/2010 15:42
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 2744
 Re: Tristeza da Manhã
Que bom que escreveu... uma linda expressão de sentimento

Gostei muito.




Enviado por Tópico
lfracalossi
Publicado: 25/09/2010 03:51  Atualizado: 25/09/2010 03:51
Da casa!
Usuário desde: 04/05/2009
Localidade: Campo Grande -MS -Brasil
Mensagens: 447
 Re: Tristeza da Manhã
Tristeza... sentimento intruso que por vezes insiste em instalar-se, mas que, por sorte,na maioria das vezes é menor que toda beleza à nossa volta. Então somos capazes de escrever coisas tão lindas como a que acabo de ler.
Lindo!
Beijo


Enviado por Tópico
Gammaghost
Publicado: 26/04/2011 11:34  Atualizado: 26/04/2011 11:34
Muito Participativo
Usuário desde: 11/01/2011
Localidade:
Mensagens: 52
 Re: Tristeza da Manhã
Belo, que manhãs despertas de um sono que jamais queria eu sair...

Abraços
gammaghost