https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Dor de mim

 
Esse som que se arrasta incólume
Essas gotas de orvalho miudinho
Esse deslocamento da retina
Em frente ao sol maior
Esse lado obscuro do silêncio
Esse marasmo
De se entregar ao medo
E enfrentar a nova corrente
Sobre um corpo molhado

Esse toar revelador
De silêncios antigos
Um afago pela manhã
Sempre que a noite
Se vai de mansinho
E a dor de mim
Por não me sentir
A cair num abismo
Longe, tão longe
Quanto o meu sonho
A quebrar todos os cansaços



 
Autor
ÔNIX
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1135
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
58 pontos
26
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 31/10/2010 22:12  Atualizado: 31/10/2010 22:12
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11172
 Re: Dor de mim
Dolores,
Um poema que nos deixa levar de mansinho.
Lindo, querida.
Beijinhos
Nanda


Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 31/10/2010 22:31  Atualizado: 31/10/2010 22:32
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Dor de mim
Apesar da dor, possui uma beleza singular e poética. Nasce de você com maestria, Dolores. De certa forma, a dor também possui sua beleza. Adorei!


Enviado por Tópico
Carlos D
Publicado: 31/10/2010 23:30  Atualizado: 31/10/2010 23:30
Da casa!
Usuário desde: 05/07/2007
Localidade:
Mensagens: 263
 Re: Dor de mim
é a dor que nos consome , mas que nos liberta, indica o caminho do amor.

bjs e um sorriso


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/11/2010 01:01  Atualizado: 01/11/2010 01:01
 Re: Dor de mim
Tudo o que voce escreve eu gosto imenso! Poetisa talentosa. Beijos!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/11/2010 07:06  Atualizado: 01/11/2010 07:06
 Re: Dor de mim
Dolores, será "esta dor que desatina sem doer"

um abismo? ou o sol? é um prazer ler a tua poesia

Bj
alberto


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 01/11/2010 07:45  Atualizado: 01/11/2010 07:45
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Dor de mim
Ola poetisa

Um poema suave silencioso onde a dor esvanece na madrugada que chega. Belo poema

Beijinhos
Tudo de bom para ti Dolores


Enviado por Tópico
Massari
Publicado: 01/11/2010 11:16  Atualizado: 01/11/2010 11:16
Colaborador
Usuário desde: 07/12/2009
Localidade: Sertãozinho/SP
Mensagens: 1089
 Re: Dor de mim
esses silêncios antigos, revelações que nos batem à porta
e os sonhos sempre olvidando o cansaço.

excelente

abraços Dolores


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 01/11/2010 13:39  Atualizado: 01/11/2010 13:39
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: Dor de mim
Um sussurro onde a amargura é vista noo caminho da luz com o olhar que lhe encontra o brilho.

Beijos


Enviado por Tópico
lfracalossi
Publicado: 01/11/2010 14:04  Atualizado: 01/11/2010 14:05
Da casa!
Usuário desde: 04/05/2009
Localidade: Campo Grande -MS -Brasil
Mensagens: 447
 Re: Dor de mim
A tristeza canatada suavemente em versos lindíssimos e de forma demais delicada...

Lindo poema!

Favorito meu

Beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/11/2010 22:35  Atualizado: 01/11/2010 22:35
 Re: Dor de mim
Gosto destes teus silencios, onde pactuas com os silencios turvos da noite, encobertos com o raiar da madrugada. Essa dor sem doer na descoberta do Ser

Beijo azul


Enviado por Tópico
FredericoSalvo
Publicado: 02/11/2010 09:33  Atualizado: 02/11/2010 09:33
Colaborador
Usuário desde: 23/01/2008
Localidade: Belo Horizonte - MG - Brasil
Mensagens: 1327
 Re: Dor de mim
Sempre um poema para encher os olhos e a alma.
Gostei imenso.
Bj.
Frederico


Enviado por Tópico
Marip(r)osa
Publicado: 02/11/2010 12:08  Atualizado: 02/11/2010 12:08
Muito Participativo
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade: Terra do Sempre
Mensagens: 91
 Re: Dor de mim
Esta manhã o nevoeiro, por aqui, também me despertou frios de silêncios antigos, e, não fosse eu ter encomendado ao sol uma arroba de brilhos, hoje ficava sem afagos...

(desculpa, ter comentado assim tão levemente o teu poema, pedra rara... mas é que hoje estou toda prosa... )

Beijiiinho!

M**+**


Enviado por Tópico
Clarisse
Publicado: 05/11/2010 11:35  Atualizado: 05/11/2010 11:35
Da casa!
Usuário desde: 24/09/2009
Localidade: aqui
Mensagens: 392
 Re: Dor de mim
Dor de mim no caminho do sim. Certos silêncios antigos cansam e precisam, talvez, de renovação, de rasgar de vez com o velho na descoberta do novo e de tudo o que ele nos traz.
Beijo,
Clarisse