https://www.poetris.com/
 
Textos : 

TITICA DE GALINHA

 



Titica de galinha

Na maldição diária, fuligem da fábrica
Trânsito caótico, sou um número apenas
Na multidão do planeta Terra. Há quem
Diga que desço do morro no compasso
Do samba, rebolando os problemas do
Dia anterior. Se bem me lembro, hoje
É feriado. Dia de colocar um ramo de
Arruda atrás das orelhas, sandália de
Salto avantajado[cabrocha de primeira
Ala] e ensaiar o amanhã, pois nem sei
Se terei grana para comer ou se serei
Devorada pelo progresso. Sou um
Pontinho, [titica de galinha] ante a
Densidade demográfica mundial.
Mas diga lá, tenho um sorriso sincero,
Escancarado, desses de driblar malandro.
Corpo cruzado, incorporado na Maria
Molambo, to que descambo!
Sem ter muitos planos, dei agora por
Escrever, só lamento ser analfabeta,
Míope e pouco discreta. Boto a boca
No trombone e vou pra escola.
Um jornalista me disse que sou produto
Nacional, tenho samba nos pés, bunda
Perfeita e umas coxas de arrepiar turista.
Tantas vantagens, sonhos e serpentinas,
Sou é pobre, [Colombina que carrega marmita],
Num espetáculo da vida chamado carnaval!



"A vida de um poeta é como uma flauta na qual Deus entoa sempre melodias novas." (Rabindranath Tagore)
Open in new window

http://taniamarapoesias.blogspot.com


 
Autor
Tânia Mara Camargo
 
Texto
Data
Leituras
892
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 07/03/2011 23:17  Atualizado: 07/03/2011 23:17
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: TITICA DE GALINHA
Oi Tânia. Seu poema é muito legal. Ah, esse carnaval que é a vida...rs

beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/03/2011 23:19  Atualizado: 07/03/2011 23:19
 Re: TITICA DE GALINHA
TUA REFLEXÃO POÉTICA FICOU LINDA...NADA FALTOU. PARABÉNS AMIGA.
BJS , ALICE