https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

GOSTO BOM

 
Tags:  rosas    mimo    gim    Ivone Alves Sol  
 
GOSTO BOM

Hoje eu acordei fora do tom
- Mas também não sou Jobim
Quero o carmim de meu batom
E o gosto bom de ser assim

Quero rosas e gim pra beber
Viver o mundo em meu ninho
Ser meu mimo e meu prazer
E de meu ser, ser o destino

Quero sentir o carinho alísio
E, se possível, lençóis de Mar
Deitar em ondas paraíso
Os meus riscos de acordar

Ivone Alves Sol

Open in new window

Lançamento em outubro de 2011


 
Autor
soldantas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2851
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
EuniceContente
Publicado: 11/09/2011 00:49  Atualizado: 11/09/2011 00:49
Colaborador
Usuário desde: 06/07/2009
Localidade:
Mensagens: 532
 Re: GOSTO BOM
É de uma grã paz interior...lindo!

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 11/09/2011 02:09  Atualizado: 11/09/2011 02:09
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9762
 Re: GOSTO BOM
Boa noite Sol, sua personagem tem o firme propósito de viver suavemente sem amarras nem travancas, parabens pelo seu apaixonante poema, MJ.

Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 11/09/2011 15:33  Atualizado: 11/09/2011 15:33
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: GOSTO BOM
Que lindo o seu livro Sol, desejo-te sucesso, alias, "já é", como se diz por essas bandas...rs
Ah o ninho...como reconheço isso...belissima e visceral poesia.
Abraços dominicais.
V.