https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

poema pimba de mandar à merda

 
vejo-te
despejo-te
no teu marasmo
hoje, meu sarcasmo
porque não sabes
nem das metades
desse beijo vingado
que te fiei no passado.
amanhã serei ausência
e tu a impaciência
no fundo do poço.
daqui não te ouço
tal quando te querias
surdo e me dizias
que lágrima é fastio,
tu bandido frio.
tudo se aprende
no tempo que pende
e agora, nesta hora
não sei de quem chora.
eu sou ponta solta
que vai e não volta.

Tema
"A EMPÁFIA"
 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1852
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
16
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 23/09/2011 12:05  Atualizado: 23/09/2011 12:05
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29212
 Re: poema pimba de mandar à merda
UM LINDO POEMA, POEMA ONDE SE ESTANCA TODA UMA MARAVILHOSS SABEDORIA, BELÍSSIMO


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 23/09/2011 12:16  Atualizado: 23/09/2011 12:16
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: poema pimba de mandar à merda
ò gabrielas podias dar um comentário empáfico aqui à je...vá lá...e que tal um literário,rsss



Enviado por Tópico
MarciaOliveira
Publicado: 23/09/2011 12:20  Atualizado: 23/09/2011 12:20
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2008
Localidade:
Mensagens: 432
 Re: poema pimba de mandar à merda
UAU! Que máximo! Muito bom e bastante adequado...rsrs.. Gostei.
Carinho,
Má.


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 23/09/2011 12:40  Atualizado: 23/09/2011 12:40
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: poema pimba de mandar à merda
já viste uma ponta solta que vai e não vorta? o fio que perdeu-se, rss...ai, ai tempo da brussula perdida, rss

adorei miga

mas também gostei do meu comentário faz lá o seu sentido...rssss

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/09/2011 13:00  Atualizado: 23/09/2011 13:00
 Re: poema pimba de mandar à merda
o orgulho mata muita gente por este mundo fora.

pois... "tudo se aprende"... mas só por e com amor

no entanto como 1+1=1 deixo aqui um nadinha de uma cantiga:

..."tu sozinho não és nada,
juntos temos o mundo na mão..."

daí que a última parte do poema (maravilhoso) deixe um nó algo apertado na garganta

um abraço Gabriela

alberto


Enviado por Tópico
EuniceContente
Publicado: 23/09/2011 13:13  Atualizado: 23/09/2011 13:13
Colaborador
Usuário desde: 06/07/2009
Localidade:
Mensagens: 532
 Re: poema pimba de mandar à merda
Consigo canta-lo:)

Gostei de a ler!


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 23/09/2011 15:10  Atualizado: 23/09/2011 15:11
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: poema pimba de mandar à merda
também te coloco aqui uma questão...qual a finalidade deste título?

existiam outros menos imperativos e mais adequados ou não como arrogância, soberbo, vaidade, orgulho. porque não utilizar um destes. não será intenção tua chamar atenção através do titulo?

é a minha mera opinião
e não tenho problema algum de dizer que gostei do poema, pelo conteúdo, mensagem e pela sua construção.

vez como é possível o dialogo sem atritos...sem nos impormos uns aos outros com os nossos julgamentos e a nossa forma de estar, pensar e ser.


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 23/09/2011 15:29  Atualizado: 23/09/2011 15:29
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: poema pimba de mandar à merda
Muito, muito bom e nada pimba. O melhor que li hoje.

bj