https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Todos iguais

 
Alguém se questiona
De como funciona
O poder
Do nobre capitalismo
Ou escola de egoísmo
Por fazer
Gente que só faz
Menos do que é capaz
Por querer?...

É preciso presença
Para colmatar a diferença
Abismal
Entre ricos açambarcadores
Monopólios predadores
Do essencial
E os pobres sofredores
Rebaixados perdedores
Em potencial.

É preciso compreensão
No povo união
De vontades
Com gestos solidários
Sendo bons comissários
Das igualdades
E como seres superiores
Sermos respeitadores
Das liberdades.

É preciso esperança
Para equilibrar a balança
Emocional
Atacar a displicência
De encarar a impotência
Habitual
Quando se vê uma criança
Longe da bonança
A passar mal.

É preciso estarmos atentos
Aos críticos momentos
Da vida
Não desviemos o olhar
De quem precisar
Duma saída
Pois estamos começados
Ainda não acabados
À partida.

Todos de entre vós
Netos pais e avós
Caminhais
Na senda da riqueza
Fugindo da pobreza
Desbravais
Metas em cavalgada
Mas morreis na chegada
Todos iguais.

bloackt:


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
584
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.