https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poeira

 
Tags:  poema    tempo    acróstico    poeira    passa    moço  
 
Subtitulo: Fragmento


Pela lente observo o passo,
[O moço passa...]

E o descompasso do moço.
[Inerme o tempo]

Retratos do passado.
[A todo o momento]




No quiero ser normal.

 
Autor
marceloinverso
 
Texto
Data
Leituras
717
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/07/2012 21:01  Atualizado: 10/07/2012 21:01
 Re: Poeira
Pequena/grande mensagem
O ser poético em fragmentos mergulhado em águas passadas.
Abraços
Luzia

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/10/2012 20:52  Atualizado: 16/10/2012 20:52
 Re: Poeira
olá, gostei muito de ler você!

Isa