https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Espectro de consciência

 

Pega-me ao de leve no corpo entardecido do sol,
despe-me do laranja e do vermelho
e entorna-te sobre mim,
monocromático.
Sorve, voraz,
os alaridos da minha alma
e guarda-os em teus lábios
em penitência perene.
Apaga esse padrão repetido que me veste de dia
e desenha-me de novo, com traços convexos,
conexos ao desalinho
do tempo.
Figura-me nua
de sentimentos,
subtil
de entendimentos,
e preenche-me com a alvura inocente das gaivotas.
Sopra-me ao vento
e ganharei asas circundantes na altivez do céu,
espectro índigo que desce na bruma branca
das manhãs de Inverno.

Vera Carvalho


Vera Carvalho

 
Autor
VeraCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
1350
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 03/01/2008 19:16  Atualizado: 03/01/2008 19:16
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Espectro de consciência
Parabéns Vera! para nós resta a poesia o que já é muito bom!
beijinho.
h@p

Enviado por Tópico
Andy
Publicado: 03/01/2008 19:17  Atualizado: 03/01/2008 19:17
Colaborador
Usuário desde: 01/08/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2167
 Re: Espectro de consciência
...muito bom gostei muito!




Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 03/01/2008 21:15  Atualizado: 03/01/2008 21:15
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Espectro de consciência
Belo poema, Vera!

Bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/01/2008 08:25  Atualizado: 04/01/2008 08:25
 Re: Espectro de consciência
Olá Vera,
Sem palavras...
Obrigada por existires

Beijo
ConceiçãoB

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 04/01/2008 10:26  Atualizado: 04/01/2008 10:26
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Espectro de consciência
Lindo... Lindo...

Como sempre

Beijos

Enviado por Tópico
Junior A.
Publicado: 04/01/2008 14:04  Atualizado: 04/01/2008 14:04
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2006
Localidade: Mg
Mensagens: 894
 Re: Espectro de consciência
Vejo que nos algures da tua ausência,
que por tanto fora sentida,
Ainda resta a tua consciência,
Que a fazes, a pinta como bem quer,
Tanto triste, como linda...

Mui bueno Poetisa.

Pude fechar o olhos, ouvir o barulho
das gaivotas, e sentir-me em paz,
Até tornar ao efectivo.

Enviado por Tópico
Le Tab
Publicado: 17/02/2008 13:11  Atualizado: 17/02/2008 13:11
Membro de honra
Usuário desde: 02/02/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1460
 Re: Espectro de consciência
Lindo como sempre, belo demais por isso deixo apenas um simples obrigado por nos deixares poemas tão belos, como tu fazes e tão bem sabes fazer. Bjs

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 11/04/2008 08:42  Atualizado: 11/04/2008 08:42
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8366
 Re: Espectro de consciência
Epa! Que bem escreves!