https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Minimalistas : 

Tudo ou Nada

 
Tags:  vida    poesia    alma    morte  
 




Nada é cinzento,
E nada malvado;
Tudo é sentimento,
E nada reprovado!
.
Nada é desagradável;
É tudo aceitável.
Nada te pertence;
Pois quase tudo é nosso!
Nada é desgosto;
Tudo terá gosto!
.
É tudo agradável,
Tudo é um canto,
Tudo é possível,
Tudo é um encanto
e voa até anoitecer
até o dia desaparecer!
.
Ana Relvas Osório Relvas/A.C.O.R




A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1331
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
27 pontos
7
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Asnoréctico
Publicado: 22/11/2013 10:40  Atualizado: 22/11/2013 10:40
Da casa!
Usuário desde: 12/06/2013
Localidade:
Mensagens: 283
 Re: Tudo ou Nada
Meu Deus como adoro os seus antigos poemas!

Neste poema, o leitor fica fiz triste, assustado, impressionado, … só os grandes poetas conseguem despertar isso nos leitores …

Parabéns por isso, Poetisa Ana e por nos deixar no limite do tudo ou nada, mas a sua poesia será tudo, para muitos de nós, que é o meu caso, um admirador profundo do seu território poético …

Um abraço doce e meigo.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/11/2013 10:56  Atualizado: 28/11/2013 10:56
 Re: Tudo ou Nada
Tocante, gostei muito :)


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 28/11/2013 12:12  Atualizado: 28/11/2013 12:25
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12405
 Re: Tudo ou Nada P/Ana Relvas
Não amiga Ana, a chama não falece, reaviva sempre basta um sopro...nunca a deixe apagar.
Muito bonito o poema. Bjo. Vólena


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/11/2016 13:06  Atualizado: 12/11/2016 13:06
 Re: Tudo ou Nada
Open in new window