https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Livres para errarem

 






Sssssssssssssss....................tabum!
Estouro no ar ou na terra?
Resta saber se temos a menor chance,
Uma esperança ao alcance das mãos.

Haverá algum mal em ser otimista?
E esperar não ser atingido
Por estilhaços que destroem em alta proporção?
No momento da fuga, sem paixão, nos tornamos egoístas.

O espaço mental dita as ordens para uma busca infinita
E ativa as nossas emoções, que facilita
A pobreza dos atos falhos e maldosos.


Dolorosos sonhos, são pesadelos, servem de modelos,
Referências deformadas de um mundo já esquecido,
Entorpecido pelo engano seguiremos novo comando.



Chicão de Bodocongó
Campina Grande, 14 de outubro de 2001







Chicão de Bodocongó foi a melhor maneira de homenagear o bairro que moro a trinta anos na cidade de Campina Grande ( Bodocongó ), Paraíba. O meu nome é Francisco de Assis que é acompanhado pelo sobrenome Cunha Metri e faz pouco dias que venho publican...

 
Autor
ChicãodeBodocongó
 
Texto
Data
Leituras
352
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.