https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Minha cannabis #.#.#

 
.









Minha cannabis







Já fumei um pé de maconha inteiro
E caminhei por longas estradas,
Vendo paisagens as mais loucas e psicodélicas.
Mas a maior viagem mesmo,
Foi quando beijei a boca do meu grande amor.

Ali, junto ao seu corpo quente,
Estático?
Andei, em alguns minutos,
Por universos inteiros. Amei!











Milton Filho/30.03.2014
 
Autor
Srimilton
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1177
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
26
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 13/04/2014 17:34  Atualizado: 13/04/2014 17:34
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9802
 Re: Minha cannabis #.#.#
Boa tarde Milton, isto nos mostra que o ópio mais potente ainda está no amor, um forte abraço, MJ


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 13/04/2014 18:42  Atualizado: 13/04/2014 18:42
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2420
 Re: Minha cannabis #.#.#
Delicia de poema...
Nao ha sensacao mais gostosa.
Bonito!
Beijos
*Mary*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/04/2014 19:00  Atualizado: 13/04/2014 19:00
 Re: Minha cannabis #.#.#
Há beijos que nos tira o chão e nos faz viajar... LIndo poema!


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 13/04/2014 21:23  Atualizado: 13/04/2014 21:23
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6744
 Re: Minha cannabis #.#.#
Amar e o amor
além de viciar
leva à viagens
mais longas
e loucas que a sativa.
Gostei!Polegar para cima! :)
bjs


Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 14/04/2014 13:57  Atualizado: 14/04/2014 13:57
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2370
 Re: Minha cannabis #.#.#
Gostei!
Não tem nada a haver mas, deu-me vontade de republicar um poema antigo sobre a droga:
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=1987

Um abraço :)


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/04/2014 14:13  Atualizado: 14/04/2014 14:13
 Re: Minha cannabis #.#.#
eu não gostei.
acho outra apologia às drogas.
não obstante ao caminho que o texto tomou, ao seu início("fumei um pé inteiro de maconha???") é uma indicação ao uso e gosto pela droga.
e que fique bem claro: eu nada tenho contra quem usa oquê for.. mas, insisto! a um site de literatura, uma indicação desta é ditada à proporção de propaganda. logo,

quem ler aqui, pode pensar.. "fumar maconha deve ser bom.."


então, eu não gosto e não concordo com a exposição do seu texto e idéia nele, contida.
e o mais foda, é ver que aplaudem esse tipo de coisa.
enfim,



ps: o que me parece estranho, tb! logo vc, dizendo-se policial e blablablá.. agora com objetivo, assaz, criminoso, em providenciar a propaganda dessa merda(maconha) à interação de seus leitores e de quem não te conhece.


nada contra vc.(eu evolui a isso!)
mas tudo contra o seu texto(o início, pelo menos).



Alex Moraes.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/04/2014 14:33  Atualizado: 14/04/2014 14:33
 Re: Minha cannabis #.#.#
Gostei!


O sujeito poético trabalha palavras apelativas para chamar atenção ao prazer maior que existe no universo humano, o amor!





M...


Enviado por Tópico
marcoporra
Publicado: 14/04/2014 14:35  Atualizado: 14/04/2014 14:35
Participativo
Usuário desde: 01/04/2014
Localidade:
Mensagens: 21
 Re: Minha cannabis #.#.#
muito bom. só o amor tem rodas. é caso para dizer: cana bis

yes sir


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/04/2014 14:41  Atualizado: 14/04/2014 14:41
 Re: Minha cannabis #.#.#
olá Milton. não há narcotizante que iguale o beijo da mulher amada. quanto à maconha, é uma droga maravilhosa, na minha opinião. abraço amigo.



Enviado por Tópico
thiagodebarros
Publicado: 14/04/2014 18:25  Atualizado: 14/04/2014 18:25
Colaborador
Usuário desde: 11/01/2012
Localidade: Brasília
Mensagens: 709
 Re: Minha cannabis #.#.#


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/04/2014 12:36  Atualizado: 15/04/2014 12:38
 Re: Minha cannabis #.#.#
olá milton… o amor é sim o “agente” mais poderoso que pode e deve influenciar o comportamento humano…aquele a que não devemos resistir, que devemos usar, abusar, lambuzar-nos, deixa-lo tomar conta do nosso ser, do nosso coração, da nossa mente, dos nossos pensamentos e atitudes…devíamos ter todos overdoses de amor, todos os dias, em todos os lugares…e não estou a falar apenas do amor que se nutre por um ser em particular, mas também do amor que se deve nutrir, pela vida, por todos os seres no geral…

em relação à dita planta, que é isso, uma planta e é natural, o meu ponto vai para além do simples uso recreativo da mesma, pois neste caso, qualquer ser humano já consciente, deve ser responsável pelas suas acções e atitudes e, se estas não interferirem com nenhum outro ser humano, não deve ser condenado, sequer julgado por elas… o ponto que gostaria de sublinhar, relativamente à planta, é sobre todas as outras aplicações que tem e sobre o seu verdadeiro potencial, usualmente desconhecido e até suprimido do conhecimento do público… (vá-se lá saber porquê, talvez, porque causaria uma revolução industrial e ambiental, com interferência no actual status das principais corporações que dominam o destino das sociedades (mundo) a nível financeiro, politico e social).

a fibra da planta tem uma maior qualidade do que a fibra da madeira. a planta atinge a maturidade apenas numa época de cultivo, já a árvore leva uma vida inteira.

posto isto, algumas aplicações da planta:

do caule
- papel (todos os tipos, incluindo cartão)
- têxtil industrial (cordas, cordões, redes, lonas, telas, tapetes, alcatifas, calafetagem)
- têxtil de consumo (vestuário, fraldas, tecidos, sacos de mão, calçado, tecidos delicados)
- materiais de construção (painéis de fibras ou contraplacados, isolamento, substituto de fibra de vidro, cimento, estuque e argamassa)

da folha e da flor
- THC (medicina e recreação)

da semente (óleo)
- alimentação (óleo para tempero, margarinas e manteigas, suplementos vitamínicos, óleo de cozinha)
- higiene pessoal (sabonete, shampoo, gel de banho, cosméticos, loções e balsamos)
- produtos industriais (tintas de óleo, vernizes, tintas de impressão, solventes, lubrificantes, betume ou massa de vidraceiro, revestimentos, combustível)

há vários estudos científicos publicados e disponíveis por essa internet fora, que comprovam estes e muitos outros factos sobre a planta… mas de todos, para mim o mais importante é ao nível da medicina, onde a planta apresenta, não uma alternativa à medicina convencional, mas, um meio efectivo e comprovado de tratamento de várias doenças, entre elas, o cancro.

desculpa vir aqui alongar o comentário e deixar o meu bitaite...abraços


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/04/2014 14:00  Atualizado: 15/04/2014 14:01
 Re: Minha cannabis #.#.#
Milton,


eu entendo que talvez, não tenha sido esta, a sua intenção, que é promover apologia ao uso dessa substância. e inclusive, eu entendi o seu texto, em referência de assimilá-lo ao efeito da mesma. vc, inadvertidamente, comparou o beijo de sua mulher com o efeito posterior a fumar "um pé inteiro de maconha." como se vc "viajasse" à cada vez que possuísse os seus lábios(uia!)
mas,
ainda é: uma apologia, sim!
ao uso dessa droga por comparativo a uma coisa boa: que é o beijo da mulher(independente dela ser sua, enfim..)

e entendo, também, as particularidades benéficas deste alucinógeno. sei bem que é usado para tratamento de glaucoma, indicação a problemas de estômago, etc
mas, ainda assim, é uma droga. um produto de comercialização e propaganda proibida em nosso país. afinal, se qualquer pessoa estiver fumando essa merda em qualquer lugar que for(inclusive dentro de sua casa), pode correr o risco de ser interpelado pela lei.
afinal, quantas vezes o marcelo d2 foi preso por isso? ou o planet hemp? ou, quantas vezes vc soube de um "enquadro" feito pelos teus"colegas" porquanto à situação de pegar uns maconheiros em flagrante?
sobre as consequências do cigarro x maconha e alcool x maconha, é evidente que a "planta"(como foi aqui, carinhosamente chamada, por um de seus usuários/defensores) tem em si, efeitos negativos menores que os quais, mas..
não deixa de ser prejudicial, tb.
não vou colocar os pontos contra da maconha, apenas deixo-lhes(e aos maconheiros de plantão, também!) este link da wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Efeitos_da_cannabis_%C3%A0_sa%C3%BAde


o que me deixa inconformado, Milton.. é que isso(essa apologia descarada, ainda que não proposital - como vc mesmo alega) tenha vindo de vc, cara. alguém que diz ser da lei,e o caralho, e depois.. isso: ".já fumei um pé inteiro de maconha."
rs,
imagino o teu chefe lendo isso(outro maconheiro, tb.. pois não?) ou alguns de seus colegas, ou alguns dos quais vc prendeu.. já pensou?
a polícia já é tão menosprezada e odiada. e, com isso.. a sua imagem fica latente de uso de entorpecentes com a sua devida defesa de utentes que a disponibilizam entre si..
vide relato:
" A maconha é uma droga maravilhosa, na minha opinião.."
aff..

eu acredito mesmo, que vc não tenha feito isso de caso pensado, isto é: que não tenha culpa, em verdade do ato. mas, é sim! um puta erro seu, em nivelar tal idéia a público, sendo por meio literário de propaganda à essa merda.
não ligo pra quem usa, e não digo nada referente a isso.
mas não concordo, de sobremaneira alguma, que haja defesas sobre esse entorpecente, sem a sua devida inclusão de culpa. logo, se há os que se manifestam a favor dessa iguaria, saibam, senhores usuários da dita planta, que haverá quem a condene(a droga), pela sua propaganda.
acho inclusive, Milton.. que esta discussão seria apta ao fórum, mas.. tendo em vista essa ditadura pequena e peculiar.. talvez indicasse a este(espaço fórum) a sua extinção, também.. visto que ao espaço(FÓRUM DE DISCUSSÃO), somente é liberado ao "sonhos, encontros de poetas e outras afinidades.."

porquanto ao erro de trazer este assunto aqui..
porquanto ao erro de o discutirmos no teu poema, que tem sim(!!) uma mensagem bonita, de amor e declaração deste à sua mulher(ou à boca dela, rs), mas com uma particularidade execrável que é a exposição e propaganda desta droga.
e,

toda a droga é uma porta de entrada às demais.
ainda mais sendo maconha, que.. após o seu uso contínuo, perde a sua "força", ante à vontade de seu usuário, logo.. este, provavelmente, vai querer experimentar uma coisa um tanto mais forte.. haxixe, depois.. skank, depois.. o quê????

aos que defendem a "planta", a minha observação:
pq não plantam essa merda em suas casas e comercializem-na às fármacias de manipulação e pq, vocês, adoradores da maconha, não vão aos seus parentes e amigos, com esse cigarro de merda na mão? pq vcs não postam uma foto no facebook "abraçando" um pé de maconha? ou pq vcs não vã até uma delegacia, unidos de seus dependentes, digo, de seus iguais.. a protestarem contra o sistema que os oprime de fumar "unzinho?" vão lá! mas,
não façam isso mascarados, senhores..
usem a sua imagem, usem a vossa cara, os vossos olhos vermelhos e a pose de "Nóia" que compreende o uso, o apego, a proteção, a propaganda e a defesa da chamada cannabis sativa*

por quê,

vir a um texto, em meio a outros milhares, para usar de defesa a isto , é fácil!
quero vê-los, maconheiros-natos, à situação de mídia..



mas,
não, né? é difícil sair da zona de conforto e expor-se, assim..
afinal, senhores usuários,
quantos de seus amigos e parentes sabem que vcs usam essa porcaria?
huh?



..

ps: desculpe-me, Milton.. por alongar-me à esta resposta. mas eu não tinha como não deixá-la em registro. e, saiba: eu tenho-lhe um respeito maior, agora. quando vejo vc reconhecer um erro, ainda que tente justificá-lo, mas.. só o fato de reconhecê-lo, já te dá uma imagem acima daquela que eu lhe tinha. obrigado, por isso!


ps2: e se digo-lhe, "obrigado" é pq estou aprendendo contigo.(inclusive a portar-me melhor )


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/04/2014 14:34  Atualizado: 15/04/2014 14:34
 Re: Minha cannabis #.#.#
Alex, concordo que esta seria o tipo de discussão para o fórum…entretanto aqui vai, no meu comentário, nunca referi que defendo o uso de canábis como meio recreativo, em relação a isso apenas disse que não se deve julgar nem condenar quem usa, apenas e acrescento, ajudar se for esse o caso…a mais, e friso, não defendo, sequer utilizo, seja canábis, álcool ou qualquer outro tipo de droga, como foi indicado…cigarro não conta (conta sim, mas esse provavelmente vai comigo)

o que acho errado é, por questões financeiras, a legalização e venda livre em farmácias e afins, de drogas químicas (também com os seus graves efeitos secundários) e a penalização de uma planta… penalizando-a em todas as suas mais variadas aplicações, entre elas, medicinais…e foram essas aplicações que destaquei no meu comentário, nada mais…

peço desculpa Milton por mais esta intervenção…termino aqui. abraços a todos