https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

desconfia deste piano ao telefone com as árvores

 
.


Eugénio Trigo

No
teu último degrau
branco
que as
chuvas não
separam,
vejo que corres,
que pintas os pás-
saros,
e, se não
é assim, faz-me teu,
faz-me, e
desconfia deste
piano
ao telefone com
as árvores:
faz-me
ainda
com as rosas
à volta, e
depois que
os pássaros
escolham
o mármore
para voar, que
os pássaros escolham o
mar para assim vermos a pri-
meira garganta do sono,
a dissidente e lenta
liturgia que foi
da insó-
nia
 
Autor
TRIGO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1295
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
29 pontos
15
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 09/09/2014 19:38  Atualizado: 10/09/2014 19:11
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2299
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores

na
tua voz as
primaveras de vidro continuam a
trazer os bois para
os jun
cos

... »


é o próximo poema que publicarei aqui
e que concluirá assim
a apresentação do
meu novo
livro

brevemente

a todos os meus leitores muito
obrigado

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/09/2014 19:44  Atualizado: 09/09/2014 19:44
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores
Parabéns!

Lindo poema!

Gostei imenso!

Abraços,

Anggela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/09/2014 01:40  Atualizado: 10/09/2014 01:40
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores
E as palavras faltam para descrever tanta beleza,

Bjos e saudades.


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 10/09/2014 03:58  Atualizado: 10/09/2014 03:58
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores
Sem nunca amortecer os rumores dos sons,
De todo. resto que deixa aqui.
Beijo meu querido e obrigada.


Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 10/09/2014 14:08  Atualizado: 10/09/2014 17:18
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6400
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores
Lâmpadas se movem
desabotoando sonhos
Algodoados de tinta
Que pinta o piano de caldas
Povoando mentes insone
Nas asas de um pássaro
Que escolheu o mármore
Para dormir em pleno voo.
Ray Nascimento




Open in new window




Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 10/09/2014 16:17  Atualizado: 10/09/2014 16:17
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores
Um canto mágico Trigo num mundo fantástico de figuras poéticas, entre a folha alva de papel, o poeta sonha, sonha até à exaustão...criativo, sonhador e complexo poema.
bj


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/01/2015 11:54  Atualizado: 19/01/2015 11:54
 Re: desconfia deste piano ao telefone com as árvores
de que vale trigo sem cevada e joio sem pássaros nos fios de telefone