https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

"A Galinha Fofoqueira"

 
Meu velho amigo querido
Ouça bem o que eu te digo
Que eu enxugo o teu rosto
Pois me dá satisfação e gosto.

Muito me comoveu o teu relato
Quando me disse do teu passado
Das peças que criou para o teatro
Que se pintava e se vestia de palhaço...

Que visitava os hospitais e os asilos
Fazendo sorri a criança e o idoso...
Fiquei pensando, amigo, em tudo isso
E notei como você é raro e precioso.

Que satisfação em conhecer alguém assim
Que se esquece de si e se doa para os demais!
Sabe, amigo, é isso que nos diferencia dos animais
E são pessoas altruístas iguais a ti que quero perto de mim.

Humilde, fez morada em vários países e não se esnoba.
Poeta de uma capacidade invejável que nos acrescenta.
Sabido, escritor, dramaturgo, além de tudo um poliglota
Cuja habilidade dia-a-dia cada vez mais aumenta, aumenta...

Ah, meu velhinho, meu Papai Smurfs, meu Papai Noel!
Quisera eu um dia ver as crianças felizes na brincadeira
Encenando a peça que me disse, aquela: " A Galinha Fofoqueira"
E você fantasiado de palhaço interpretando o teu papel!

Sei que tudo na vida que é desejável você já conseguiu.
Sei que o futuro adiante já te machuca e já te maltrata.
Espero que perca o medo e vá se cuidar da tua catarata.
Faço votos que você seja o palhaço mais feliz do Brasil!


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
875
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/09/2014 00:11  Atualizado: 16/09/2014 12:49
 Re: "A Galinha Fofoqueira"
Eu penso que conheci esse velhinho.