https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poema desesperado para os olhos de minha linda

 








Como o meu peito em chamas
o firmamento se incandesce,
e talvez compreendendo a minha dor
o céu vai se enrubescendo,
até que corado, ruboriza-se por completo.

A brisa suave da tarde
embala gorjeios de pássaros,
até que finalmente
os últimos reflexos daquele fogo que ardeu,
se apaga na linha do horizonte
anunciando que chegou a noite em minha vida,
que viverei para sempre
na escuridão da sua ausência,
longe do fulgor dos seus olhos verdes,
longe do seu corpo, do seu calor.

Sei que estou sozinho agora.

E nunca mais, nunca mais,
meus versos serão para você,
para dizer que estava tão linda,
como o espetáculo que a natureza
proporciona a cada entardecer,
quando disse aquele adeus.


De arrebatada figura,
sou altivo, sou forte,
não carrego lutos e mágoas,
até um dia enganei a morte,
na sua faina de colher almas
e renasci.

 
Autor
Warmien
Autor
 
Texto
Data
Leituras
408
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
2
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 19/01/2015 09:46  Atualizado: 19/01/2015 09:46
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Poema desesperado para os olhos de minha linda
Poema triste de um "nunca mais", porém, carregado de amor e beleza que somente os amores desesperados conseguem produzir. Mil parabéns poeta. Teu coração é uma poesia incandescente!

Bom dia!!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/01/2015 14:30  Atualizado: 19/01/2015 14:30
 Re: Poema desesperado para os olhos de minha linda
um bom título e o poema é como um lenço perfumado na mão de quem diz adeus. parabéns