https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

[poder-te-ia falar num céu sem estrelas]

 
.....................
.......
.
.
.
.......................
.
............................
.
.
...........................
........................
...........................
...................
.................
......
..............................
************************************

poder-te-ia falar num céu sem estrelas
destelhado
ou da hora de Prima que antecede o começo
vagabundo

mas perdi-me neste mundo que nunca foi meu
[a vida]
sórdido

veleiro que se afasta ao som do vento
sem tripulação.

há sempre o outro lado
a estrada sem curvas encruzilhadas
a maré parada

um fio deslumbrado carregado de espantos
[nunca as descobertas]
que esconde a raiz a água.

findo o mar perfeito
enrola-se a brisa

e nenhum sacrifício resta
apenas a plenitude deste tempo gasto.


o gesto
as mãos
o halo da maresia infinda

a distância

[o luar que que teima em ficar

e

pousa em nossas mãos].


(Ricardo Pocinho)



"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/

 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
1264
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
6
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2015 10:02  Atualizado: 11/02/2015 10:02
 Re: [poder-te-ia falar num céu sem estrelas]
há muito que não navegavas por estas águas, caro Ricardo. é sempre uma viagem para quem te lê. parabéns e um abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2015 14:46  Atualizado: 11/02/2015 14:48
 Re: [poder-te-ia falar num céu sem estrelas]
Eu tomei decisão de não mais participar do luso poemas enquanto opiniões, sejam quais forem, por conta da administração burra, arbitrária e caída à censura absurda. Mas de maneira alguma, eu poderia deixar de vir aqui e felicitar, a mim inclusive, o fato de ler o que você tão bem escreve.


Obrigado por isso, Ricardo!

Enviado por Tópico
estojo-do-céu
Publicado: 11/02/2015 20:24  Atualizado: 11/02/2015 20:24
Da casa!
Usuário desde: 02/03/2013
Localidade: Portugal -Algarve
Mensagens: 441
 Re: [poder-te-ia falar num céu sem estrelas]
Que bom voltar a ler seus poemas que tanto falta fazem ao Luso...
Abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2015 22:02  Atualizado: 11/02/2015 22:02
 Re: [poder-te-ia falar num céu sem estrelas]
Ricardo, já fazias muita falta por aqui!

É um prazer ler-te novamente!

Beijos,

Anggela

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 12/02/2015 03:16  Atualizado: 12/02/2015 03:16
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: [poder-te-ia falar num céu sem estrelas]
sorte minha que tenhas voltado... sorte minha.
obrigada. bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/04/2015 10:48  Atualizado: 09/04/2015 10:48
 Re: [poder-te-ia falar num céu sem estrelas]
o fato de ler o que você tão bem escreve que me faz aqui vir sem reticencias (...)