https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

flores de bem-me-quer

 





No malmequer a chuva continua miudinha.

Para apanhar a fragância debruço-me na lufada do vento.

Ao vento que desfolha pétalas. Pétalas que adivinham buscas de amor.

Meadas de suspiros. Choros de mansinho.


Ao desnascer o dia, o orvalho rompe as palavras. A voz

mansa dos teus desejos. O lento soprar dos versos com que

ateias o meu ventre. Com que pintas à mão o brilho do meu olhar.

Com que soltas a Primavera na minha boca.


Como a voz que asperges em canto, decompondo-o

no nácar do meu íntimo, também desfolham da sépala

as pétalas com que adornas os meus seios na inclinação

dos lábios cedidos.


Abre-se e fecha-se o malmequer estilhaçando gotas

d`orvalho. Também em nós abre-se e fecha-se o corpo

entumecido no suor do amplexo. A nudez

abre-se e fecha-se. Abre-se...solta o

deleite. Solta o pólen.


Docemente, no outeiro das tuas mãos desabrocham flores…

…flores de bem-me-quer.




Zita Viegas















 
Autor
atizviegas68
 
Texto
Data
Leituras
830
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
14
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 27/02/2015 20:32  Atualizado: 27/02/2015 20:32
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15936
 Re: flores de bem-me-quer
Parabéns Poeta
Perfeito! Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 27/02/2015 23:03  Atualizado: 27/02/2015 23:16
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: flores de bem-me-quer
Teu poema abre-se e fecha-se em flor, e respinga o polém da poesia , por todas as letras...de tão delicada e harmoniosa que se apresenta. Gostei demais.
Parabéns !!

Feliz final de semana...Bjosss


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 28/02/2015 09:31  Atualizado: 28/02/2015 09:31
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29136
 Re: flores de bem-me-quer
Algo que se solta das essências fazendo dos instantes as verdadeira magia dos momentos aflorado pela paixão que se movem em direção ao encanto amor


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/02/2015 11:22  Atualizado: 28/02/2015 11:22
 Re: flores de bem-me-quer
um poema que pode causar salivação a alguns. muitobom. parabéns



Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 28/02/2015 11:37  Atualizado: 28/02/2015 11:37
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12391
 Re: flores de bem-me-quer P/atizviegas
Muito interessante e bonito, flores de bem-querer! Beijinho de bem! Vólena


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 17/05/2017 21:31  Atualizado: 27/05/2017 13:34
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1576
 Re: flores de bem-me-quer
Dum lirismo profundo.
Parece poema duma outra era.
Lindo, lindo.
Mas vamos por partes.Falamos de margaridas. Subitamente sou transportado para um jardim. Colho, isto é, mato, uma ou duas, dessas de pétalas brancas em fundo amarelo.
E começo: bem-me-quer, mal-me-quer, bem-me-quer...
Dentro desse profundo que é adivinhar o destino enquanto estrago a natureza, ou talvez apenas a modifique.
Chego à última com um sorriso.
Bem-me-quer penso, em pulgas.
Choro pelo malmequer.

Continua, numa segunda estrofe que nos brindas com um "com que pintas à mão o brilho do meu olhar", há quem consiga, não a toda a hora, mas, pelo menos, de vez em quando.

Na última estrofe o poema entra numa sensualidade inesperada, forte, doce, gulosa até, com orvalho à mistura, "abre-se e fecha-se o corpo\ entumecido no suor do amplexo".
Quase pede um momento a sós.

Favoritei-o.
Não é nada fácil.

bj


Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 16/02/2018 22:08  Atualizado: 16/02/2018 22:08
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1358
 Re: flores de bem-me-quer
Open in new window

Damião Martins - Colheita de margarida