https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 8 »
Offline
atizviegas68
é dom do mar a liberdade
Peito com lonjura no eterno escafandro. À tona, o mar guarda a proa. Nas fontes, a vonta...
Enviado por atizviegas68
em 05/12/2018 21:34:40
Offline
atizviegas68
a ausência
A janela converte-se em espelho. No tardar de ser, vem a certeza. Por entre o frio do tacto e...
Enviado por atizviegas68
em 01/12/2018 15:09:27
Offline
atizviegas68
Reduzo a cinza as cartas de amor
Escrevo cartas de amor com a consciência de que despertar o amor em outrem permanece um...
Enviado por atizviegas68
em 13/09/2018 17:58:37
Offline
atizviegas68
o desejo é um estranho que acreditamos conhecer*
Mão adentrada na mão, com fingimento até aos olhos fechados em voo para atingir o nirvana....
Enviado por atizviegas68
em 04/08/2018 13:26:25
Offline
atizviegas68
liberdade
De pulso fechado. Mão dada não dói. Na pedra onde corre sangue. A palavra. Plena e aberta, c...
Enviado por atizviegas68
em 22/07/2018 17:49:01
Offline
atizviegas68
ilha
corpo em curva braços longilíneos és mulher de lava e de fogo. de branco, aurora de azul, mun...
Enviado por atizviegas68
em 14/07/2018 12:48:29
Offline
atizviegas68
no violoncelo
em sofreguidão o improviso arde no violoncelo na mão, delírio nas cordas, chaga nasc...
Enviado por atizviegas68
em 04/07/2018 22:15:41
Offline
atizviegas68
o melro
Leva o lusco-fusco, na travessia. Voa veloz para anoitecer a árvore. Com o bico em pranto, ...
Enviado por atizviegas68
em 30/05/2018 22:50:18
Offline
atizviegas68
Mãe
é um barco e um cais o teu nome. Mãe. nele crescem oceanos e suavizam-se montanhas. ele ...
Enviado por atizviegas68
em 06/05/2018 11:54:52
Offline
atizviegas68
Tem forma de mulher a atração
Ergue-se a roda do vestido quando o contentamento se oferece. Tem a omnipresença das ...
Enviado por atizviegas68
em 03/05/2018 18:08:15
Offline
atizviegas68
escuridão
Os latidos acedem as janelas. Uma porção de luz abre a porta. Os olhos do cão iluminam a...
Enviado por atizviegas68
em 02/05/2018 21:22:25
Offline
atizviegas68
Noites são casas onde as mulheres se demoram
Noites são casas onde as mulheres se demoram. Há paredes e fustes sitiados de rostos. Sil...
Enviado por atizviegas68
em 26/04/2018 18:30:38
Offline
atizviegas68
passo a passo
passos, em passos vão e em vão passam. com os primeiros, o que é longe, a perto chegarão. ...
Enviado por atizviegas68
em 06/04/2018 13:05:44
Offline
atizviegas68
olho o céu ao encontro dos teus olhos
olho o céu ao encontro dos teus olhos fundo vou para a alcançar a boca convoco pássaros e ...
Enviado por atizviegas68
em 29/03/2018 17:06:54
Offline
atizviegas68
palavra eterna
em meu redor, a memória paredes meias com sonhos e abismos com a parte de dentro aber...
Enviado por atizviegas68
em 22/03/2018 21:35:50
Offline
atizviegas68
elogia da sabedoria
ensina a árvore a crescer e o momento nasce na cor de sopro corre o tempo a vida é o...
Enviado por atizviegas68
em 11/03/2018 10:00:22
Offline
atizviegas68
elogio do silêncio
papagaios de papel traçam caminhos nos céus sem deuses aprendizes os olhos vagueiam e...
Enviado por atizviegas68
em 10/03/2018 09:33:39
Offline
atizviegas68
elogio da sede
meia lágrima oceano em febre néctar de mulher ilha de libido frente ao altar a fiel...
Enviado por atizviegas68
em 09/03/2018 11:18:22
Offline
atizviegas68
elogio do ser
ser, sou maçã não bípede por evolução do Ser num mundo de representação não reconhece...
Enviado por atizviegas68
em 08/03/2018 12:37:33
Offline
atizviegas68
intimidade
a paixão na altura do peito molda a flor tecida no leito da boca com rosada cor, b...
Enviado por atizviegas68
em 11/02/2018 13:33:36
(1) 2 3 4 ... 8 »