https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Já nasceram as gerberas

 
Já nasceram as gerberas
Plantadas no meu jardim,
Se as olho têm quimeras
Aqui bem dentro de mim.

Já nasceram as cor-de-rosa,
Demoradas estão as vermelhas,
As amarelas foram prosa
Morreram na sede das férias.

Eu falo com as gerberas
E elas falam comigo,
Por vezes são mais sinceras
Que alguns amigo que eu ligo.

Mas nada disso me importa,
O mal fica com eles!...
Eu como sou muito torta,
Até assim gosto deles!..

Já nasceram as gerberas
Plantadas no meu jardim,
Se as olho têm quimeras
Aqui bem dentro de mim.


Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
448
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.