https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Debruçado sobre a janela

 
Debruçado sobre a janela, atento na natureza
E na simplicidade com que ela se manifesta em todos os momentos
Com a expressão de que existe, sem esforço, em si mesma
E isto é algo que me encanta quando o consigo realizar.

Tenho lugar sentado à janela do sonho
Passageiro oculto em viagem com vista para o tempo
O destino é além do campo e da visão, onde não há destino
Quando todos os pontos são pontos de encontro
Sem lugar específico e em todos os lugares
Sem forma definida e em todas as formas
Onde mentes se tocam num vácuo absoluto e vagaroso
E experimentam a totalidade do universo na universalidade do amor

Sou permeável como uma nuvem e nada absorvo
Nada me condiciona a forma
Apenas vejo e aceito a imagem do mundo que vejo
Como se apresenta, tantas vezes carregado e denso
Então, sem pensar, dispenso tudo o que vi
Sem me demorar em tempestades
Chovo tudo, com ligeireza, para o chão.

A realidade é uma farsa
O mundo gira e passa pela anarquia dos sentidos
E como o sentimos
Aquilo que aparenta ser
É na verdade um pouco menos de tudo
E muito mais de nada
Mas é sempre o mesmo, quer a janela esteja meia aberta
Quer esteja, meia janela fechada.


Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.

 
Autor
silva.d.c
Autor
 
Texto
Data
Leituras
581
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
8
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 09/06/2015 00:05  Atualizado: 09/06/2015 00:05
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16385
 Re: Debruçado sobre a janela
Parabéns Poeta
Excelente! Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/06/2015 11:04  Atualizado: 09/06/2015 11:04
 Re: Debruçado sobre a janela
São textos como este que torna a vinda por este sítio, tão valiosa!

Obrigada pela leitura prazerosa!

Um abraço,

*Anggela*


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 09/06/2015 12:40  Atualizado: 09/06/2015 12:40
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6800
 Re: Debruçado sobre a janela
Nossos sentidos vai pelos instantes que se completam naturalmente onde onssos olhos se revelam nesse doces momentos.

belo poema


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/06/2015 19:37  Atualizado: 09/06/2015 19:37
 Re: Debruçado sobre a janela
*Tua contemplação de VIDA me impressiona.
Quando te leio sinto que escreves com alma transparente, com zelo, com verdade...parece um depoimento.
Sensível e real para mim.
Abraço
K*