https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

SANT’ELMO

 
Tags:  SONETOS 2014  
 
SANT’ELMO

Os mortos não lamentam; não reclamam.
Os vivos, sim. Estúpidos ou não...
Diante da morte, os homens pouco são
E tão-só permanecem no que amam.

De facto, isto é aquilo que alguns chamam
De esperança e, às vezes, de ilusão.
Mas se a alma caminhar na escuridão
Haverá o sinal que tantos clamam?

Um fogo que não queima arde pelo ar
E quem o vê começa a se alegrar,
Certo que a tempestade logo finda.

Veem a vida tão frágil; tão sagrada,
Que por mantê-la assim, fazem-na errada.
Mas ao perdê-la, enfim, pensam-na linda.

Betim - 13 08 2014


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
299
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 07/08/2015 07:18  Atualizado: 07/08/2015 07:18
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: SANT’ELMO
é das tais palavras que eu gosto santelmo ou sant'elmo e que tenho utilizado várias vezes. "os mortos não lamentam"
"um fogo..que arde pelo ar" (em tempo de trovoadas no mar que em geral antecedem todas as procelas ou as calmarias, vá-se lá saber)
"de esperança" e claro vem a vida "tão frágil... tão sagrada",a esperança, a beleza, a ilusão "mas ao perdê-la, enfim, pensam-na linda". Sim linda. Gostei bastante. Obrigado.

Agradeço-te


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/08/2015 08:49  Atualizado: 07/08/2015 08:49
 Re: SANT’ELMO
Parabéns amigo!