https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Simples vaidade

 
Todos os dias a liberto para a rua...
O meu bilhete de identidade,
O arauto da minha vaidade...
Aquela que vai nua
Sobre a calçada da idade
E clama sempre por vontade.

Todos os dias a visto e amua...
Despe-se... e lá continua.

É minha e não tua,
E assim reconheço-lhe verdade...
E assim aceno-lhe com a impunidade
Por loas, adornadas na lingua,
Que me me tornam voz pura e crua.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
533
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 22/12/2006 01:41  Atualizado: 22/12/2006 01:41
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Simples vaidade
Vaidade simples.... e gostosa..

uii...

Beijinhos