https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Na Exactidão da Partida

 
É como se antes de nascer
a dor me conhecesse
e a poesia me escolhesse
no momento de viver.

É como se antes de viver
a loucura me vestisse
e a morte me seguisse
como um galgo a correr.

É como se antes de correr
este mundo me evadisse
e a noite me despisse
vivendo nú sem saber.

E ao lado da saudade
passo a passo fui vivendo
pela vida fui sofrendo
à deriva, sem vontade.

Na verdade quis a morte
quis à vida pôr um fim
quis voltar p'ra onde vim
em procura d'outra sorte.

Mas fiz da vida uma cadeia
da minha casa um jazigo
do meu caminho fui mendigo
e tanta gente na plateia.

Vou-me embora sem esperar
abandono toda a gente
solto a corda que me prende
aqui não é o meu lugar.


Ricardo Maria Louro
Em sines


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
337
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 25/07/2015 12:18  Atualizado: 25/07/2015 12:18
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Na Exactidão da Partida P/Riciky
Como poema uma delícia! O tema sempre derrotista
A vida não é nossa...Amigo viva-a! Abraço de afecto Vólena