https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A fuga

 
Tags:  amor    poema    poesia    paixão    coração    brasil    espaço  
 
A fuga

Já estou há milhas de distância.
Foram dez mil quilos sobre mim, sobre as costas.

Me sinto livre, apesar de não estar completamente,
há ainda o peso da derrota alheia;

Os grilhões que me prendiam, ainda me prendem; agora não mais à correntes,
mas na minha própria consciência.

A lamina que me cortou, ainda corta meus amigos,
Na alma que deixei, há terço de derrota,

Sem alma, não há aquecimento, e à existência descobri, que da dor sobrevive.
O fogo que mata, é fogo que dá a vida.



Instagram: edu_augusto
Facebook: Eduardo Augusto Lino
 
Autor
edu_augusto
 
Texto
Data
Leituras
341
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.