https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

OUROPRETANO

 
Tags:  SONETOS 2012  
 
OUROPRETANO

Longe, um menino lá reconheci
Na pedra de silhueta inconfundível!
Careço nem esquadro, prumo ou nível
Por levantar paredes de sonho aí.

Tão bela agora quanto quando a vi
Há tantos anos já... É infalível
Achar entre o improvável e o impossível
Algo que me indicasse o ouro d’aqui...

Poderia ficar e deitar raízes
Para viver meus dias mais felizes
Absorvido em total contemplação.

E quiçá acercar-me do mistério
Ao deslumbre d’um luar quase que etéreo
Capaz de encher de luz meu coração.

Ouro Preto - 20 02 2012


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
233
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.