https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

mulher, mãe e musa

 



no regaço
abrigas a felina
que aquieta a caça do enlace
em sangue e em gemido
entregas manso
o inteiro cio

nos teus braços
berços ergues
para infante ninar
e nos montes mansos
tua seiva nutre
tenra boca em prantos

com íntimos matizes
e passos de veludo
inspiras bodas e poesias
és meretriz e secreta deusa
mulher, mãe e musa










Zita Viegas















 
Autor
atizviegas68
 
Texto
Data
Leituras
491
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
39 pontos
13
1
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 08/03/2017 22:25  Atualizado: 08/03/2017 22:25
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9252
 Re: mulher, mãe e musa
Boa noite Zita, teus versos referendam em plenitude as premissas que regem e valorizam a aura feminina, parabéns pela calorosa homenagem a todas as mulheres neste dia em que se comemora a existência feminina, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 12/03/2017 12:01  Atualizado: 12/03/2017 12:01
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: mulher, mãe e musa

Belíssimo!
Amei, amei!
Levo comigo.
Um beijinho!

*-*


Enviado por Tópico
Dream
Publicado: 12/03/2017 13:11  Atualizado: 12/03/2017 13:11
Super Participativo
Usuário desde: 20/03/2015
Localidade:
Mensagens: 130
 Re: mulher, mãe e musa
lindo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/03/2017 18:02  Atualizado: 13/03/2017 18:02
 Re: mulher, mãe e musa
Aplaudo-te poetisa atizveigas, como sempre nos presenteando com lindos poemas!
Agradecida pela partilha!!

Deixo aqui um beijinho de carinho pra ti!

Maria Laís!


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 14/03/2017 20:36  Atualizado: 14/03/2017 20:38
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1583
 Re: mulher, mãe e musa
Para cada estrofe sua persona. Seguem a ordem do título e, em cada uma delas, há momentos destacáveis.
No primeiro sexteto há uma mancha gráfica que atinge um certo apogeu, sendo mais longo o terceiro verso, que divide o sexteto mas que dá a transparecer toda a fémea que segue a sua natureza, mas que a limita dá contornos, controla, sacia e é saciada - "entregas manso/ o inteiro cio" - muito bom!
Na segunda estrofe apreciei a metáfora do berço (quantas mães já não foram berços dos seus filhos...). "Nos teus braços/berços ergues" - gostei da sonoridade, da fonética entre braços e berços. Da imagem da amamentação, há classe e, até, uma grandiloquência que te é inerente.
A musa que há em cada uma de vós está nos " passos de veludo", macio, palpável, feminino. Que constrói e destrói o homem levando-nos à saúde e, amiúde à doença.
Mulher inteira tem uma meretriz por dentro!

Inteiro é o teu poema.

Obrigado.

Bjo.


Enviado por Tópico
MarciaDutra
Publicado: 19/03/2017 20:34  Atualizado: 19/03/2017 20:34
Muito Participativo
Usuário desde: 09/03/2017
Localidade:
Mensagens: 75
 Re: mulher, mãe e musa
Muita sensibilidade por definir a mulher em sua totalidade!!Apreciei a leitura...abraços


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 08/09/2017 11:19  Atualizado: 08/09/2017 11:19
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29159
 Re: mulher, mãe e musa
A valorização das mulheres tem que se plena a toda horas, todos os instantes, pois elas são a essência do próprio homem, lindo poema