https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Folhas de projecto sequenciais

 
Finjo o espaço entre os blocos frios de cimento
Marcas de um futuro erguidas aos céus do progresso
Confinados seres que se ignoram no elevador do tempo
Dias concretos, esmagados por um incerto processo

Culpada é a obra do artista esquecido no andaime
Inocente era a pedra bruta antes de ser esculpida
Finjo o espaço entre os desvios à natureza perdida
Desvios verticais em folhas de projecto sequenciais

Virá o futuro em noites sem dias na hora do sono
Reclamar o espaço que finjo entre os blocos de cimento
E tudo nascerá novo, de novo em tons de cinzento

Culpada, é a obra do artista, esquecido no andaime
Inocente, era a pedra bruta, antes de ser esculpida
Culpada é a obra do artista esquecido no andaime
Inocente era a pedra bruta antes de ser esculpida


Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.

 
Autor
silva.d.c
Autor
 
Texto
Data
Leituras
224
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
erro
Publicado: 03/07/2017 23:00  Atualizado: 02/01/2019 16:11
Colaborador
Usuário desde: 04/03/2016
Localidade:
Mensagens: 845
 Re: Folhas de projecto sequenciais
gostei


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/07/2017 15:57  Atualizado: 09/07/2017 15:57
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: Folhas de projecto sequenciais
Olhos que grita os sentimentos que vem de um coração insano