https://www.poetris.com/
Poemas : 

Quando eu, poema...

 
Quando eu, poema, nasço
De um regato pueril,
Nas águas de Março
Deságuo no Abril.

Já nasço filho bastardo
De um simples rabisco
De um padrasto bardo
Um tanto lírico e lunático
Que ejaculou um asterisco
Dentro de um dicionário
E, logo após o coito,
Quando venho à luz
Se despede de mim.

Assim o vate deduz
Que sou causa do efeito
E, num repente, de repente,
Eu sou repatriado para o meio
Ambiente igual se folha feito
Fosse, ao dessabor do vento,
Sem saber onde fazer morada...

Hoje, com o digital advento,
Estou por toda parte, a qualquer
Momento, aguadando quem me quer,
Esperando alguém que me leia
Entre tantos outros nessa teia
Pois sou anexo embrionário
De meu padrasto visionário
Que liga o Reino a Aldeia...

Quando, eu poema, saio
Pelo mundo, sou centelha,
Brasa, qualquer sopro
Me ateia
Se, por acaso, eu caio
É que aguardo
Quem me ame
Quem me... Queira!



 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
168
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
8
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/08/2017 16:18  Atualizado: 13/08/2017 16:18
 Re: Quando eu, poema...
Perfeito poema Gyl, sinceros parabéns!
Abraço.


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 13/08/2017 16:46  Atualizado: 13/08/2017 16:46
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8653
 Re: Quando eu, poema.../ PARA GYL
Um poema gestado de um simples rabisco, mas do fogo lírico que incendeia a verve do poeta, que não sendo vulcão, dá a luz a centelha dos verso a espera de alguém que lhe sinta o calor que o permeia todo.

Muito, muito bom Gyl, esse parto da poesia que nascerá toda vez que alguém vier lê-la por aqui...
Beijo de paixão...




Em tempo: tenho em rascunho pra ser publicado por aqui um poema aos moldes do teu, que escrevi quando o sarau estava em andamento, e que aborda a gestação e nascimento de um poema. Estamos em sintonia hein, meu poeta amado!
Bjos


Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 14/08/2017 16:13  Atualizado: 14/08/2017 16:13
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1134
 Re: Quando eu, poema...
Poema belíssimo! Parabéns pela inspiração maravilhosa.
Abraços!


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/08/2017 10:57  Atualizado: 18/08/2017 10:57
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28180
 Re: Quando eu, poema...
Tudo maravilha nesse magnifico poema,