https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O Coqueiro

 
 
Open in new window



O coqueiro discursa,
mas ninguém ouve.
Nem os que usam,
amiúde, sua sombra,
perguntam o que houve.
Todos os cocos saem,
trilham seus caminhos.
mas o coqueiro, coitado,
não sai do seu lugar.
Condenado a ficar,
nunca se encontra,
mas sempre desconta
onde não pode alcançar.
E além de tudo isto
ainda há um porém:
ele pode ver todos,
mas não é visto
por ninguém.
Coqueiros em abundância...
Quem seria ele?
Apenas mais um...
Apenas um!
E assim como o coqueiro,
somos mais um.
Um pedaço pequeno
de toda a humanidade.



Rafael Carneiro


Nota
Geralmente as pessoas não costumam comentar nas coisas que publico(há exceções, claro). Decerto a Rafaelfobia está se propagando no mundo inteiro.

kkkkkk. Espero que apreciem!
 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
2705
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/09/2017 02:53  Atualizado: 04/09/2017 02:53
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: O Coqueiro
Uma beleza onde a natureza é plena e divina, lindo poema