https://www.poetris.com/
Poemas -> Desilusão : 

Amei demais

 
Amei demais, e não me amaram assim,
somente eu sofri, isso foi tão ruim para mim,
meu coração triste se quebrantou dentro de mim,
eu não pensava que amar demais era sofrer tanto assim.

Amei demais, errei demais, por me entregar tanto assim,
tive pranto demais em meu coração,
não sei o quanto esfriou a paixão que existia dentro de mim,
já sofri demais com este amor que não tem fim.

Andei um tempo como um débil andarilho em algum lugar,
e neste lugar vi de frente a solidão sob a claridade da lua,
e senti como estava frio o meu coração,
então pensei:
Vou tentar reviver
e não vou chorar jamais por perder este grande amor.

Amei demais, eu não sei o que fiz,
eu nem sei se algum dia você me amou, me diz se amou, me diz!...
A somente pranto em meu coração,
nem sei o quanto esfriou a paixão de dentro de mim,
de meu coração,
já amei demais, já sofri demais, DEMAIS.

Este tipo de amor fez um grande corte,
deixando uma grande cicatriz em meu coração,
e ninguém se interessa de saber,
que amei tanto assim, que sofri tanto assim.

Eliezer Lemos

 
Autor
LemosLemos
 
Texto
Data
Leituras
164
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/10/2017 12:26  Atualizado: 01/10/2017 12:26
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29152
 Re: Amei demais
Lindo poema sentimental.

Quando amamos de uma maneira insana, vemos somente as ilusões, pois fica dentro de nós aquele fomes imensa de querer mais e mais, mas com o despertar do tempo vem as consequências que nosso olhos passa a chora uma louca dor de amor