https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Ilusões da alma

 
Tags:  alma    memória    ilusoes  
 
Ilusões da alma
 
ILUSÕES DA ALMA

Elen de Moraes Kochman


Acordo com a estranha sensação de que estás aqui, preenchendo nosso espaço com o teu costumeiro silêncio e o meio sorriso que deixavas acontecer, quando te abraçávamos dizendo as mesmas palavras de todos os anos, sem nenhuma criatividade, mas carregadas de carinho e da eloquência dos que amam.

Ilusões da alma... Impressão de te ver em cada canto desta casa, ora sentado olhando o vazio, ora caminhando pelas salas, passando as mãos pelos móveis, distraidamente, como se ao limpar algum resquício de poeira ali existente, pudesses limpar os pensamentos ruins, exorcizar os problemas... e sempre naquele teu mutismo, com o qual já me acostumara, mas que algumas vezes ainda me pegava de mal jeito, fazendo-me sentir sozinha,
mesmo acompanhada.

Tantos anos... Fecho os olhos, respiro fundo e o coração se acelera quando as lembranças mais fortes me vêm com a imagem do nosso filho te abraçando, encostando a cabeça no teu peito e dizendo: “Parabéns, feliz aniversário, pai! Vida longa para estarmos por muitos e muitos e muitos anos juntos”.

Desejo que não se cumpriu...

Hoje, saudade e eternidade são rimas para a tua ausência.




(Para Renatão, em memória, pelo seu aniversário)


Open in new window

 
Autor
elendemoraes
 
Texto
Data
Leituras
275
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/04/2018 10:41  Atualizado: 02/04/2018 10:41
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29224
 Re: Ilusões da alma
Momentos da vida que nem o tempo apaga, poema lindo