https://www.poetris.com/
Poemas -> Saudade : 

Papelotes

 
Papelotes

Bons tempos aqueles dos papelotes! Lembrei agora.
Era uma rapariguinha, tinha farta e bela cabeleira!
Recordo que nessa altura se usavam muito, caracóis,
e depois de escovar o cabelo e colocar a penteadeira,

a minha mãe tinha gosto e eu ficava feliz, encantada
de a ver pôr nas pontas do cabelo aqueles papelotes
papéis coloridos que cortava e os enrolava paciente…
de manhã tirava, penteava-me e punha os laçarotes.

Os laços diziam com as cores que combinavam bem
com o vestido que ia usar naquele dia, lindo, não era?
Assim me lembro sempre de ti, minha querida mãe!

Tempos que me fizeram tolinha, tenho de confessar,
ainda hoje com a minha velha idade não me descuro,
gosto de usar leve maquiagem e de bem me apesentar.



 
Autor
Volena
Autor
 
Texto
Data
Leituras
118
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
16
6
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 15/04/2018 12:49  Atualizado: 15/04/2018 12:49
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 5158
 Re: Papelotes
quão tão bom lembrar velhos tempos da nossa meninice! lembrei-me da minha ao ler e reler esse belo soneto.

Querida Vó, grato pela partilha e tenha bom fim de semana.

Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 15/04/2018 16:55  Atualizado: 15/04/2018 16:55
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1157
 Re: Papelotes
Volena, que poesia linda! Lembrei da minha mãe a me pentear. Fazendo cachos e colocando laços em meu cabelo. Hoje, olho-a com ar cansado e distante, toco seu cabelo, o qual sempre foi diferente do meu. Obrigada por compartilhar essa preciosidade. Beijinhos!


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 15/04/2018 21:21  Atualizado: 15/04/2018 21:21
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 14908
 Re: Papelotes

Que doçura de poema! Eu me lembrei quando era pequena e na volta da escola com meu pai o convenci que me levasse ao salão de beleza, cheguei em casa de franja, logo eu que tenho cabelos cacheados! A reação da minha mãe foi bem engraçada! Rsrs
Beijos!
Open in new window


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 15/04/2018 23:09  Atualizado: 15/04/2018 23:09
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 1872
 Re: Papelotes
Os cabelos bem lindos depois dos cuidados de mamãe: isso é que é uma coisa bonita, extraordinária!!

Meus parabéns!!!
Gostei muito!!!

Um abraço!!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 15/04/2018 23:18  Atualizado: 15/04/2018 23:18
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 13203
 Re: Papelotes
Ai, Vó! Quanta ternura decantada em tão poucas e saborosas linhas! Até vi a menina Lena sentada em frente à penteadeira! Que lindo!


Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 16/04/2018 09:14  Atualizado: 16/04/2018 09:14
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 682
Online!
 Re: Papelotes
Querida Vó...lindo poema recheado de doces recordações que nem o tempo leva! Beijos!


Enviado por Tópico
Correa
Publicado: 16/04/2018 13:14  Atualizado: 16/04/2018 13:14
Colaborador
Usuário desde: 02/07/2014
Localidade:
Mensagens: 2284
 Re: Papelotes
Em sua sabedoria e ternura, as Sra. nos encanta, me encanta trazendo do ontem os doces e as travessuras, fazendo do hoje sorrisos e aprendizado, porque suas palavras vão muito além...beijo enorme vó, fica com Deus.


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 16/04/2018 22:11  Atualizado: 16/04/2018 22:11
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 5664
 Re: Papelotes
Boa noite, minha querida,Volena.

Que lindo, uma recordação magistral.Parabéns!

Beijos,
MaryJun