https://www.poetris.com/
Poemas : 

Pomares

 
Repousada em nuvens escarlates
Suspirando azuis de céus e mares
Cabelos ondulantes em combates
Com pássaros presos em pomares.

Os olhos lembravam os chocolates
A tez era parecida a dos potiguares
O corpo? O sonho de todos alfaiates
A musa perfeita. Uma entre milhares.

Assim traço-te em letrinhas garrafais
Imaginando-te dormitando nas nuvens
Tingida pelo astro-mor em tons ferrugens...

Nos meus desejos íntimos desejo-te mais
Pois para mim é a mais perfeita criatura
Criada pelas mãos da nossa Mãe... Natura!




Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
138
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
10
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 17/04/2018 09:51  Atualizado: 17/04/2018 09:51
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1115
 Re: Pomares
As mãos da mãe Natura.. tem capacidade de criar perfeição reflectida nos teus versos.. a musa perfeita. Bonito versar Gyl! Beijo.


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 17/04/2018 12:44  Atualizado: 17/04/2018 12:44
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15341
 Re: Pomares
Gyl
Belíssimo soneto! Parabéns!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 17/04/2018 17:12  Atualizado: 17/04/2018 17:13
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1489
 Re: Pomares
Pomares é nome colectivo para árvore de fruto.
Como a maior parte dos frutos, doce é o teu poema.
Acho as quadras maravilhosas.
As imagens sugeridas levam-nos para lugares paradisíacos.
Gostei das metáforas da primeira, do aprumo invulgar da comparação na segunda, dando ao conjunto uma riqueza de figuras de estilo muito grande.

O conteúdo é intemporal.
Quem nunca se enamorou que atire a primeira pedra.

Obrigado irmão.

Aquele abraço.


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 17/04/2018 17:57  Atualizado: 17/04/2018 17:57
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8154
 Re: Pomares
Muito interessante a leitura aqui deixada pelo Rogério. Faço depois a minha leitura procurando mais... Podendo pensar tratar se de pomares tb a primeira estrofe se assemelha à própria musa. Nuvens escarlates maçãs do rosto azuis dos olhos cabelos ao vento pássaros nos pomares os seios em movimento. Depois a comparação com pomar ou pomar com musa o fruto e a vida que o poeta canta. Realmente um encanto


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 20/04/2018 16:21  Atualizado: 20/04/2018 16:21
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2351
 Re: Pomares
Ah Gyl...que lindo!
Seus versos sao sempre mergulhados em diferentes
sentimentos...

Amei essa!

Beijos

*Mary Fioratti*