https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eu, Poema

 
Enquanto as árvores poetavam
Os gatos faziam jardins em luas
E nas noites de Lua cheia (ou vazia)
Os Homens faziam outros homens
(Ou mulheres) com outras mulheres.

Embaixo de uma pedra havia azul
E no canteiro celestial havia uma flor.
No céu do chão uma estrela nascia
Da forma como nascem as pereiras
E as romãs, as amoreiras e as maçãs.

Uma serpente feita de pedra e pó
Rasteja silente entre galhos cantantes
Deixando um rastro de cometa parido
Pelo caminho que tinha alma de janela.

Ondas levadas e brincalhonas vem
E vão em forma de balão ou cascata
Nas casas-matas, nas cercas-vivas,
À meia-noite, à meia-luz, a meio metro,
Deixando um olhar de lenha ao fogão
Na imaginação do leitor assíduo e assaz.

Eu, Poema, poemo em tu.
Tu, Poema, poemas em mim.
E assim nós, Poemas, poetas,
poemamamos o verbo em si,
A verve poética,
A verborrágica
Escatológica
Hemorragia
Melancólica
Ira amorosa
Amor e rosa
Desde que seja
Verbo, verve
Nostálgica
Verborrágica.

Do barro sujo foi que nasceu o caramujo.
Dentro do jarro grego tinha um segredo.
Embaixo do lençol nebuloso, um sol,
Um universo de versos feitos, enfim,
Dentro do poema havia um pouco mais de.. mim!










Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
670
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
65 pontos
29
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 27/07/2018 01:17  Atualizado: 27/07/2018 01:17
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6337
 Re: Eu, Poema
Quando maravilhosa for a inspiração, maravilhosos são os encantos que encantam corações. Esta é a tua maestria, poeta-maior.

Belo poema! Sempre que aqui passo, fico maravilhado com teus encantos.

Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/07/2018 01:57  Atualizado: 27/07/2018 01:57
 Re: Eu, Poema
Gyl, o que escreves, a beleza de teus versos, o sentimento que transferes para o que escreves servem de incentivo para todos os que amam poesia. Não há como medir a admiração que tenho por tua obra. Não sei como retribuir o prazer que sinto ao lê-la. Só tenho que agradecer-lhe com um simples abraço... Obrigado, poeta.


Enviado por Tópico
Luizfeliperezende
Publicado: 27/07/2018 13:17  Atualizado: 27/07/2018 13:17
Super Participativo
Usuário desde: 04/11/2017
Localidade:
Mensagens: 178
 Re: Eu, Poema
Um poema antologico!!! O poema-gente, poema-verbo, poema-vontade própria, poema autônomo contagiando as árvores que resolvem poetar. Um poema em transmutação!!! Parabéns !!!


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 27/07/2018 17:29  Atualizado: 27/07/2018 17:29
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: Eu, Poema
Meus parabéns, estimado poeta, por esta nova maravilha!

Um abraço!


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 27/07/2018 19:03  Atualizado: 27/07/2018 19:03
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12487
 Re: Eu, Poema P/Gyl
Enfeitiçada nem sei que dizer...Poeta abençoado! Mestre
insigne, sublime e extraordinário! Um abraço do tamanho do mundo! Vó


Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 28/07/2018 08:36  Atualizado: 28/07/2018 08:36
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1260
 Re: Eu, Poema
Cada dia melhor, poeta Gyl. E esse poema é inspiração total. Parabéns!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/07/2018 07:06  Atualizado: 29/07/2018 07:06
 Re: Eu, Poema para um $¨&$&#!
desculpa, dizer!
mas você não é poeta maior!
é quase.. um médio.. medíocre!
nem chega a isso!
é cruel dizer..
mas é a verdade!






ps: "sujo" com "caramujo"?
pqp!









Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 29/07/2018 10:16  Atualizado: 29/07/2018 10:16
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8215
 Re: Eu, Poema
Considero a 2ª estrofe a alma do poema, é como ver o mundo de pernas para o ar para o ver melhor;
a frase que liga barro sujo e caramujo é fantástica; do barro nascem todas as coisas perfeitas como é o caramujo: excelente, e quem não pensa assim não alcançará nunca a beleza das coisas simples, e nunca terá qualquer orgasmo poético, nem seu nem partilhado.
Abraço


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 29/07/2018 14:35  Atualizado: 29/07/2018 14:35
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Eu, Poema
Uma sequência de imagens lindíssimas, como estrutura para o Poema, num percurso, onde existe vida, sentida pelo sentir poético do Poeta.

Adorei

Parabéns por tão belo poema


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 29/07/2018 15:28  Atualizado: 29/07/2018 21:53
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1928
 Simply the Best


Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 03/08/2018 17:50  Atualizado: 03/08/2018 17:50
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1362
 Re: Eu, Poema
Open in new window


Um abraço