https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Nunca o Perdi

 
Open in new window







Nunca o Perdi

Em tenra idade a orfandade paternal
Rompeu a porta sem divisar a tramela.
Foi coisa cruel ter a companhia dela
Que me levou o herói, meu poema lirial.

Quem dera sua presença mais durasse!
Vê-lo velhinho, de cuidados precisando
Vendo seu braço no meu se apoiando
“Filho querido!”, fosse assim que exclamasse...

A verdade é que o amor transcende a morte.
Das cinzas foscas almejei o meu suporte
E em prantos, jubiloso, o recebi:

Pai zeloso, nos meus sonhos me visita,
Está tão belo! Uma beleza indescrita,
A prova cabal que eu nunca o perdi.

Álvaro Silva


Singela homenagem ao meu pai!
 
Autor
Álvaro
Autor
 
Texto
Data
Leituras
201
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
3
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 12/08/2018 17:08  Atualizado: 12/08/2018 17:08
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15165
 Re: Nunca o Perdi
Lembrou-me muito o meu pai. Obrigado! Abraços!

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 13/08/2018 10:33  Atualizado: 13/08/2018 10:33
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2734
 Re: Nunca o Perdi
Linda declaração de amor ao seu herói
parabéns poeta
Um abraço Álvaro


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 13/08/2018 12:20  Atualizado: 13/08/2018 12:21
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Nunca o Perdi P/Álvaro
Adorei! O Pai nunca se perde, fica para sempre connosco no coração! Abraço láureo Vó