https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

À MINHA MÃE

 
Open in new window

À Minha Mãe
2º domingo de maio

Onde estiver uma flor despetalada
Sem o orvalho para matar a sede
Está aí minha saudade revelada
Por tua ausência, há muito desde...

À infância carente de afeto, abraços
Do zelo que protege com desvelo
Do olhar que acompanha os passos
Das mãos unidas em perfeito elo

Que seja este dia inteiro consagrado
Apenas as mães que do amor é mister
Para fazer da semente o fruto sagrado
Da vida a passagem do bem viver

Não deixar que a semente plantada
Seja na terra produto consumido
Da farta sede da ambição ceifada
Sem amor, do sentimento despido

Mãe todas as certezas tenho já
Que ao mundo vieste destinada
À grande missão de amar, educar
Mas, o Céu te levou em revoada

E a saudade guardada permanece
Sem nenhum abalo à tua ausência
O coração solitário em uma aprece
Reza por ti com amor, dor e carência.

Saudações a todas verdadeiras mães

Sonia Nogueira


Livros Publicados:
- Por Justa Causa - contos
- Nas Entrelinhas (200 sonetos)
- A Pequena May - juvenil
-Datas Comemorativas em Poesias
-Eu Poesia, Contos e Crônicas
-No Reino de Sininho, infantil
- A Janela Azul
- Contação de História Infantil...

 
Autor
SoniaNogueira
 
Texto
Data
Leituras
471
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.