https://www.poetris.com/
Poemas : 

DIA FESTIVO

 
Amanhece. Pelas ruas caminho,
Vagarosamente o Sol se agiganta
E no dia límpido de alegria tanta
Ouço dos pássaros o canto ribeirinho.

Num calor intenso de ponta a ponta
As nuvens abrem o céu de mansinho
E em sussurros de profundo carinho
Uma leve e suave brisa silva e canta.

Debaixo das sombras de imensos galhos
Paro e me delicio e felicidade espalho,
Porque a vida é simbiose de louvores...

Sigo a estrada afora como um cigano
Sem destino perante o tempo que amo
A tocar sinfonias para os meus amores!


DE Ivan de Oliveira Melo

 
Autor
imelo10
Autor
 
Texto
Data
Leituras
56
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/03/2020 15:46  Atualizado: 24/03/2020 15:46
 Re: DIA FESTIVO
sabe caro amigo, as pessoas gostam é de festas. são todos uns malandros. eles bebem bebem, elas bebem bebem. toda a gente bebe e depois é um buraco do caralho. eu também gosto, gosto de fazer festas ao jardim, à passarinha. no meu país os autarcas e demais atrasados fomentam as festas para amarrarem as pernas ao zé. aqui não falta dinheiro para festas, já para coisas decentes está escuro. por exemplo, para a cultura... é fodido, se quiser ver um concerto pago cinquenta euros. um concerto... falo de cultura, não de entretenimento porque o entretenimento é de borla. o lema dos poderosos é, quanto mais atrasados vós fores mais votos posso ganhar, claro, o ceguinho não vê. é uma verdadeira miséria. e depois temos as garagens das vizinhas a ganhar teias de aranha, os vizinhos a matar... eheh enfim, o mundo dos animais, dizem que racionais! ok. eles lá sabem

uma boa tarde. viva o carnaval