https://www.poetris.com/
Poemas : 

Cumplicidade

 







Incendeias a árvore.
A jovem luz.
Nasce da noite.

Em tríade, rendem-se ao vento.
Entre voo e quietude.

Com rosto de febre.
Com corpo de cetim.

Cresce a luz.
A árvore se ensombra.
Para ficar em cumplicidade.











Zita Viegas















 
Autor
atizviegas68
 
Texto
Data
Leituras
75
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.