https://www.poetris.com/
Poemas : 

EM MUITOS DIAS NA VIDA

 



Em muitos dias na vida a gente faz a pergunta
Para que nos desdobramos em assuntos indigestos
Se a caminhada no deserto cansa ao transeunte
Mas por aqui nada é certo tudo pode ser inerte.

Quando deus está por perto ainda temos um trunfo
Mas se nem isto acontece jamais faremos progresso
Em muitos dias na vida a gente faz a pergunta
Para que nos desdobramos em assuntos indigestos.

Nem o poder do universo nos conspira a favor
Quando sagramos de dor em meio ao retrocesso
Tudo faz parte do verso da frente que fracassou
Mas aonde existe o amor tem sapiência conjunta
Em muitos dias na vida a gente faz a pergunta.

Usuários do Youtube
vossas condutas me fascinam
antes de virar a esquina
terei mais de mil inscritos
é disto que necessito
para fazer transmissões ao vivo
https://youtu.be/m5R1b0vgmRU



Enviado por Miguel Jacó em 14/05/2020
Código do texto: T6946874
Classificação de conteúdo: seguro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
121
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 15/05/2020 10:48  Atualizado: 15/05/2020 10:48
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1935
 Re: EM MUITOS DIAS NA VIDA
Poeta Miguel... e quantos dias na vida vamos ter de nos perguntar..? mas tudo faz parte onde nada é certo. Passar por aqui é sempre motivo de aprendizagem. Um abraço.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 19/05/2020 14:44  Atualizado: 19/05/2020 14:44
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3132
 Re: EM MUITOS DIAS NA VIDA

O progresso faz falta
mas o ser humano conspira contra si próprio
a dúvida faz parte de nós
só nos salva o amor quando há entrega verdadeira
o resto perguntamos e duvidamos
muitas vezes sem esperança

um abraço poeta Migueljaco