https://www.poetris.com/

Poemas de paixão

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares da categoria poemas de paixão

Tenho fome de ti nos vincos dos lençóis 💘

 
Tenho fome de ti nos vincos dos lençóis 💘
 
Tenho fome de ti em mim
Na alma de um figo ou tangerina
Malagueta de todos os começos
Eu sou um pétala, tu um jardim
Enquanto dormes observo-te
Nas horas que me doam a tua pele
Amo as formas do teu corpo
Fogo dos olhos que em mim circula
Beberia da tua boca tolas palavras
Caminharia ao teu lado, por caminhos
Escuros de neblina entre abismos
Ficaria grávida de amor, todos os dias
Num verbo ouvido que seja eterno
Onde deixas sempre uma parte de ti comigo
E eu volto para reencontrar-te no meu colo
Fome de ti com o teu cheiro nos lençóis
Desnorteio-me nos vincos de todos os teus gemidos.
💘

🌼💘
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Tenho fome de ti nos vincos dos lençóis 💘

Subo a serra sou loba, sou mulher 🌻

 
Subo a serra sou loba, sou mulher 🌻
 
Subo a serra no silêncio da noite
E ouço um uivo que ecoado pelas trevas
De noite sou uma loba com alma

Sem medo do dia, que transformo-me
Numa mulher insaciável de amor
Não divido o meu homem com ninguém

Sou uma mulher de um homem só
Egoísta, possessiva, apaixonada
Debaixo da minha pele eu escondo uma loba

Feroz, atrevida, escrava, amante, amiga
Transparente, misteriosa, imperfeita
O meu sangue é vermelho nas noites claras da lua

Sou loba, sou mulher, sou a chuva do rio
Sou o céu e as estrelas nas noites de luar
Sou como o fogo insaciável que arde na fogueira

E é nos teus braços que sinto o calor
Subo a serra no silêncio da noite
Neste teu corpo quente para saciar a minha sede.

Amo mais do que digo
Digo mais do que penso
Penso mais do que quero

✍ 🌹

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Subo a serra sou loba, sou mulher 🌻

Meu amor o perfume das flores╭•💘⊰

 
Meu amor o perfume das flores╭•💘⊰
 
Meu amor o perfume
Das flores invade o meu ar
São como as gotas do orvalho
Que ilumina a escuridão da noite
O teu olhar e o teu sorriso
Uniram-se para iluminar o meu dia
O sol das minhas noites
Voar contigo nas asas da paixão
É viver uma grande emoção
Adormeci nos teus braços
E esqueci os meus anseios
Amor o meu corpo deseja
Lateja, ama, rasteja, chora
Reclama tantas vezes o peso do teu.

“O amor não tem nome
O amor molha-me os olhos
O amor aquece-me o coração
O amor é grande o suficiente
Para me deixar sem fôlego
O meu amor és tu”

╭•💘⊰
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Meu amor o perfume das flores╭•💘⊰

Teus olhos choram poesias que regam os versos do meu olhar

 
Teus olhos choram poesias que regam os versos do meu olhar
 
Desse universo nada levaram de mim, pois nada tenho
Você sabe e eu também que a vida para nós é assim
A distancia e a uma imaginação de nosso consciente
Todo esse nosso amor é banhado pela paixão
Peço a você meu amor não vamos ter medo de sofrer
Assim como as sombras, és bela como a luz

Uma canção que vem de tuas faces
Como as nuvens que se sussurram
O poeta com seus sentimentos faz as inspirações chorar
Somente seremos grande se aceitarmos o sofrimento
Nada existe em seu ser, nada existirá em seu sou
Sem esse amor não viveremos
você mexeu com meus sentimentos

Teus olhos choram poesias que regam
Os versos do meu olhar
Quero viver você, cada momento de minha vida
Para que eu possa contar o nosso amor
O quanto eu te amo, e te amarei
Por ti eu me apaixonei, em ti me amarrei
Poesia chorada que molha o nosso amor, por ti morrerei

Autor: martims
06.01.2015

https://www.youtube.com/watch?feature= ... _detailpage&v=aqEfND1l3b0



https://www.youtube.com/watch?feature= ... _detailpage&v=nB6eC2tK_Ek
 
Teus olhos choram poesias que regam os versos do meu olhar

Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios

 
Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios
 
Noites que se buscamos em nossos beijos
Madrugadas fogosas iremos se amar loucamente
Nossos prazeres se almejam em cores
Insana paixão em que amamos
Peles em fusão que se sentimos atraídos
Primavera floral que refletem dos rios
Magias de seus leitos que me tocam
Folhas ânticas dos alvorais que vem do lento a cair
Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios
Uma essência que me atrai ao seu corpo, você
Linda flor, meu amor bela mulher, doce querubim
Quero seus desejos dentro de mim


Autor: martisns
04.05.2015

http://data.whicdn.com/images/1864001 ... Rj1qd3478o1_500_large.jpg

http://4.bp.blogspot.com/-0XVDik7Bk84 ... vp5osbq21qdhmdyo1_500.jpg
 
Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios

Minha flor, meu tão grande amor

 
Minha flor, meu tão grande amor

De tudo o que fiz na minha vida
Ser mãe foi a minha minha maior realização
Nove meses durou esse sublime amor
De alegria e de tudo o que melhor eu já senti

Quando nasceu, a minha flor era perfeita
Maravilhosa cresceu sempre brilhando única
Quando começou a parecer-se com um adulto
Eu vi algo mágico a acontecer na sua presença

Em qualquer lugar onde a minha flor chegasse
Crianças pequenas, bébés e outros seres inocentes
Reagiam sempre felizes perante a sua presença
Viravam os seus olhos para ela e sorriam-lhe

Brincavam com ela e queriam o seu colo,
Os que já andavam sempre caminhavam para ela
E em seu colo se calaram muitos choros e inquietações
Inexplicavelmente... e eu a tudo sempre assisti

Minha flor tão querida é mel para a Vida
Ela é tão especial e tão doce, a minha filha
Ela é o meu galhinho, a minha continuação
Desta árvore que me considero nesta Vida

Firme, determinada e com muito amor
Eu a eduquei tão bem quanto fui sabendo
E todos os dias enquanto crescia ela brilhou
Mas brilhou intensamente como o Sol no céu

E, na sua presença tudo se aclara e tranquiliza
Ela é uma pura estrela a iluminar os caminhos de todos os que a conhecem
Eu sou abençoada com a sua existência e com todos os seus mais belos sorrisos
Filha adorada, tu és a maior estrela no Universo e na minha vida
E eu te rendo homenagem pela benção da tua existência.

Amo-te muito Joaninha.

Mãe, 16 de Julho de 2016
 
Minha flor, meu tão grande amor

POETA PINTOR

 
POETA PINTOR
 
poesia-me quando
me percorres o corpo
com o olhar do poeta pintor
ávido por um mote
uma tela ao seu dispor
e põe-me a beleza pressentida
sensível aos dedos
escreve-me um enredo
na folha úmida do olhar
abrevia-me como num haicai
e demora-me na odisseia
cheia de ousadia
a palavra desaparece, fica vã.
pra declamar-me, apaixonado fã
sem plateia, ao final do dia...

Maria Lucia (Centelha Luminosa)
 
POETA PINTOR

DANÇA COMIGO?

 
DANÇA COMIGO?
 
 
Eu só queria dessa noite
além dos passos da dança
um passo a mais
no teu corpo ver cessados
os meus anseios
nos movimentos ousados
de teus meneios sensuais...

busco-te a noite inteira
e, tu deslizas com outra
indiferente ao meu olhar
como é suave o teu dançar
em gingados de prazer e paixão
enquanto arrasto-me atrás de ti
pela força de irresistível atração...

dança comigo!
- um grito em pensamento
cheio de desejo
de ter nossos corpos jungidos
sussurros aos meus ouvidos
aos embalos de um "Chorinho" de Azevedo
ou um bolero com Miguel
na cadência de tua dança perfeita
ai..ai..tanto quero ser tua eleita
pra transpirar amor e mel...

fim de noite. Última canção
“Solamente Una Vez!”
de repente, uma emoção
minha face afogueia
o sangue gela na veia
e, o que eu julgava perdido
vem num convite sussurrado ao meu ouvido:
- Dança comigo?

Maria Lucia (Centelha Luminosa)
 
DANÇA COMIGO?

Amo-te com amor e paixão 💘

 
Amo-te com amor e paixão   💘
 
Amo-te pelo barulho que as oliveiras
Fazem lá fora, onde o vento se desfaz
Amo-te pelo escuro da noite no uivo do lobo
Que cerca a lua brilhante como uma chama

Amo-te pelas águas que correm no rio devagar
Onde pisávamos as pedras escorregadias
Amo-te pelo tempo vagabundo de emoção
Entre os dias que nos amamos intensamente

Amo-te pela tua alma molhada de amor
Quando me deitas ferozmente na cama, a nossa
Amo-te pela gaivota que se delícia com o peixe
Que o nobre pescador deita fora do seu barco

Amo-te pela cruz que carregas tão pesada
Mesmo assim o teu olhar brilha como as estrelas
Amo-te pelas velhas âncoras enferrujadas
Que são deixadas ao abandono sem dó nem piedade

Amo-te pelo velho relógio que tanto barulho faz
Esquecido sem poder sonhar numa qualquer sala
Amo-te pelos teus lindos olhos que quando olham
Para mim me fazem suspirar de tanto desejo

Amo-te pelo silêncio que faz na serra que nem o vento
Consegue pôr os pinheiros de volta a dançar, amo-te
Amo-te com a dor que os pés sentem quando dançam
Com amor e paixão tão sentidas por nós os dois.



💕
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Amo-te com amor e paixão   💘

Tempestade dos Anjos

 
 
E a chuva cai por cair?
Não! Perdidamente ela cai,
Decai, descai, cai
E seduz suavemente no seu sorrir.

Eu sei que a chuva cai só em mente,
Sempre com a mesma intensidade,
Mas algo vai mudar brevemente,
Quando cair a mais bela tempestade.

Sinto-me tão caída no chão,
Meu anjo derrubaste me tão bem
e abristes as asas no meu coração;
Abraça-me com as tuas asas, elas cabem,
cabem, encaixam-se bem nas minhas,
Deita-te num só jeitoso impulsionar meu
e deixa-me sentir o sabor a mar do teu olhar.

Podes deixar-me morrer aqui no chão
Ou dar-me um pouco do teu ar se tiveres vontade;
Eu prometo se fazeres-me sorrir
que faço cair no teu divino coração
a mais preciosa tempestade.

Íris Correia/Quandoachuvacai - A.C.O.R
 
 Tempestade dos Anjos

Deixa-me esconder em seu coração para ninguém me encontrar somente você quero amar

 
Deixa-me esconder em seu coração  para ninguém me encontrar somente você quero amar
 
 
Me lembro daquela bela tarde
Um sereno silencioso caindo sobre nossos corpos
Molhando os desejos enfurecidos pelo amor
A primeira vez que se encontramos, que se beijamos
Aquele seu beijo mexeu com meu coração, minha alma renasceu
Em seus lábios encontrei o verdadeiro amor
Despertou em mim algo que nunca senti por alguém
Essa paixão por você meu coração não contem

Minhas imaginações se perderam em pensamentos
Você me fez novamente viver
Minha vida voltou a ter prazer
Os olhos são essências que nos pluraliza
Seus beijos é mais que desejos, faz meu corpo delirar
Beija-me profundamente, entra em minha mente

Quero você por toda essa vida, por todo meu viver
Serei seu inteiramente, o seu amor, o seu prazer
Estarei contigo por toda a vida, para nossa felicidade se completar
Sua alma cativou-me, enfeitiçou-me, minha doce paixão
Deixa-me esconder em seu coração para ninguém me encontrar
Somente você quero amar

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
27.01.2015

clicar para ouvir a musica[/size]
 
Deixa-me esconder em seu coração  para ninguém me encontrar somente você quero amar

Amo-te agora entre os frutos vermelhos 💕

 
Amo-te agora entre os frutos vermelhos 💕
 
Amo-te agora, depois, logo, sempre
Entre os frutos vermelhos do bosque
Não interessa o lugar, nem a hora

Morangos, framboesas, mirtilos
Com a certeza, da fome do meu ser
Alma inquieta, vontade opressora

Eu, tu, nada, ninguém mais existe
Somos o fruto do desejo da entrega
Amoras, cerejas, groselhas, melancia

No abraço firme que nos aconchega
Boca de lábios mordidos, de amplos beijos
Na troca de fluidos, nas carícias ocultas

Mãos inquietas, que revelam os desejos
A força, a vontade de querer amar-te
No desejo tão nosso que nos seduz

Amam-se sem segredo, sem medo, pelo encanto
Onde as almas que brilham, ocultas no tempo
Não é apenas sexo ou corpo, é sim um amor verdadeiro

Amo-te agora entre os frutos vermelhos do bosque.

🌹💕
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Amo-te agora entre os frutos vermelhos 💕

Vou pelos instantes, o tempo me leva

 
Vou pelos instantes, o tempo me leva
 
 
Cores vivas que vem de seu olhar
Vestidas pelas nuvens de cetins de nossas bocas
Molham-se com a chuva do silêncio
O verde de teus olhos icônicos
Nosso lábios nos seduzem aos doces beijos

Vou pelos instantes o tempo me leva
Amando cada pedaço de você
Algo quente que nos queima
Nos becos dos errantes nossos latentes se caldeiam

Uma distancia que vem até nós
Os ventos trazem sua essência
Suaves lagos que se enchem com as águas
De o nosso amor
Uma saudade que chora nesse álveo de paixão
ama-te muito, esse meu coração

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
15/12/2014

imagens google
 
Vou pelos instantes, o tempo me leva

Amo-te loucamente 💝

 
Amo-te loucamente 💝
 
Amo-te loucamente
Como numa luta de morte
Neste sangue que me alimenta
Nas noites quentes de inverno ou verão
Onde o meu corpo sangrou com o teu
Nestes nossos loucos devaneios
Que dentro de ti me enleio
Tornando o nosso amor calmo
Num revoltoso temporal
No contato com a tua pele nua
Que os delírios se fecham
Num céu estrelado
De mil estrelas sem igual.

Perca-se com quem ama
E que lhe faz ❤
Encontrar a felicidade

💝
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Amo-te loucamente 💝

Tu és o lobo que devora-me o corpo 💕

 
Tu és o lobo que devora-me o corpo  💕
 
Tu és o lobo
Que devora-me o corpo
O coração, a alma
Como o fogo que arde
Numa fogueira de pinhas e de giestas
Os meus carinhos são teus
Tu és o lobo que me beija
Que acaricia o meu corpo
Tudo em mim hoje é selvagem
Aveludado e sem medo
Deste chama e alento ao meu coração
És o Lobo que me cobre com amor e caricias
O teu corpo é e será para sempre
A minha fonte de água pura
Onde sacio a minha sede desta
Minha desvairada vontade
Rasga-me a carne
Devora-me por completo
Entrego-me a ti predador
Devorador de carne
Vasculho e abraço os nossos lençóis
Com esperança de te encontrar
Ainda sinto o teu cheiro
O aroma do suor na nossa cama
Amo o tua maneira despojada e sedutora
Tu és o lobo que acorda dentro
De mim o que está adormecido
Espero-te e não respiro até à próxima Lua.

🌹💕

🌹💕
Isabel Moras Ribeiro Fonseca
 
Tu és o lobo que devora-me o corpo  💕

Sol da tua boca

 
Sol da tua boca
 
 
É preciso que saibamos do depois
As palavras assim como o silêncio se fazem
Momentos que nossas peles se vai pelos prazeres
Tomamos para nós o mundo, a nossa saudade iremos guardar
O que tenho para lhe dizer, não sei como
Só sei que te amo muito, sempre vou te amar

Meu silêncio não aguenta mais busco-te em pensamentos
Olhos para você faço dos teus olhos o meu conforto
Iremos se encontrar em sonhos
Sol da tua boca que me beija, as flores se refletem
Acordo com o gosto dos teus beijos
Essência que alimenta a minha vida

Não quero simplesmente desenha-la com as cores do amor pinta-la
O gostoso desejo estará na sua boca
Que por toda minha vida beijarei sua beleza me inspira
Teu olhar é o amanhã de minha alma
Primavera de um outono que aflora os lábios em beijos
Essências de nossos desejos

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
01.04.2015

lgBh0WRwqVI

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=VgZbWRA4RUw

https://youtu.be/VgZbWRA4RUw
 
Sol da tua boca

Rasgo a pele do meu corpo💖

 
Rasgo a pele do meu corpo💖
 
Rasgo a pele do meu corpo
Para que as letras voem
Como penas ao meu redor
Nas palavras que vou escrevendo
Mesmo escondida de mim
Num nublado dia
Entre o céu e as estrelas
Tristeza sentida nos raios de luz
Para sentir e acordar nos teus braços
Nas caladas palavras
Que dizíamos e já não dizemos
De lágrimas sóbrias entre o musgo da terra
Gomas doces que comíamos num passado perdido
De um futuro adiado nas ardósias escritas
Resta os passos que damos
O sonho que esquecemos
Fica a vontade que não perdemos
Convertida em saudade
Da infinidade nas gomas doces que vamos comendo
Neste escondido sentimento meu, em ti.

🌼
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Rasgo a pele do meu corpo💖

🦋 "SINTO A TUA FALTA"

 
🦋 "SINTO A TUA FALTA"
 
Sinto a solidão e a escuridão
Sinto a tua falta, dos teus beijos
Do teu bem querer
Dos teus abraços que são o meu refúgio
Do teu carinho e ternura
Do teu colo, do teu descanso
Do teu desejo
Onde estás meu amor não te vejo
Os meus braços esperam por ti
A minha boca precisa da tua
O meu corpo deseja o teu
A minha alma está nua
sinto falta dos teus carinhos
Que só tu sabes fazer
Rendo-me aos teus caprichos
Contigo quero viver mil aventuras
E ir até ao fim.

Amo-te com a loucura de todos os dias
🦋
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
🦋 "SINTO A TUA FALTA"

Flor de Cacto

 
é do deserto que me deixas que se abrem as linhas,
árduas dunas de sede e areia em chão mártir de ventos,
sacrificando pegadas silentes

meu telhado, uma palavra que não
protege minh' alma de noturno sol
massacrante
trincando meus lábios,
retalhos de luz
que oásis nunca
alcança

[lábios expatriados
de um verbo que se move
molhado]

por baixo das pálpebras
estafadas
noites dão alucinógenos
às retinas
fazendo-me lembrar ser flor
desabrochando no teu corpo
naqueles instantes em que me acolhes
e ao mesmo tempo me espinha
 
Flor de Cacto

Quem me dera

 
Imagem Google

Quem me dera saber, se é você ao não!
O tal que me acertou invisivelmente;
O tal que provocou na mente agitação;
Também atingi você como você se sente?

Deixou-me sem ar e eu senti medo,
Como sempre sinto de nunca mais te atentar,
De nunca mais sorrir pra você!
Hoje quem me dera o teu sentimento ,tocar!

Quem me dera que fosse mais cedo,
Quem me dera saber que é mentira
Mentira não, mas apenas minha fita!
É que paixão acaba depressa e o amor?

Não espero que declare nada,
porque não tem que dizê-lo
só se quiser loucamente fazê-lo,
pare com esse olhar intenso que me consome!

Você é tão perspicaz, que o que escrevi
Vai ser película aderente no seu olhar
Perdoa-me todo este jogo de amar,
Que me perco sempre no seu jeito de estar !

Quem me dera que fosse mais cedo,
Quem me dera saber que é mentira,
Mentira não, mas apenas minha fita!
É que paixão acaba depressa e o amor?

Deixou-me sem ar e eu senti medo,
Como sempre sinto de nunca mais te atentar,
De nunca mais sorrir pra você!
Pare com isso se só me quer ver chorar!

Iris Correia/ Quandoachuvacai-A.C.O.R
 
Quem me dera