https://www.poetris.com/
Poemas : 

Quisera eu

 
****************************************************************************************************


Quisera eu a potência de um astro
O rastro incandescente de um cometa
Sobre um planeta no tempo-espaço
Deixando no vácuo o pó das estrelas.

Quisera eu que fosse um rio fantástico
Num pleonástico andrógino e gigante
Retumbante fosse este rio e mágico
Um quadro genial do genial Rembrandt.

Quisera eu um verso único e jônico
Um navio titânico frente ao iceberg
Que se perde no oceano Atlântico:
Quimera d'um cineasta que mais pede...

Quisera eu dos vegetais a mórbida mudez
A tez das moças um tanto vergonhosas
Das rosas os perfumes que a Natura fez
A sensatez serena das sábias senhoras.

Quisera eu um poema que fosse um recado
Para o Ricardo, para o Rogério e o Jorge
Mas o tempo, Boxer, corre bem acelerado.
Que pecado! Apenas o poema não... Foge!



Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
132
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
0
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.