https://www.poetris.com/
Sonetos : 

URGÊNCIA-EMERGÊNCIA

 
Tags:  SONETOS 2020  
 
URGÊNCIA-EMERGÊNCIA

Sob risco de morrer ou mal viver,
Cheguei necessitando de cuidado.
Morte e vida caminham lado a lado
Depois do que não soube precaver.

São politraumatismos, a saber,
Edemas e hematomas no costado.
Com o sobrolho esquerdo retalhado,
O sangue continua a m'escorrer.

Morrer é transformar pessoa em cousa:
Escrever nome e datas n'uma lousa
Até m'os apagar chuvas e ventos...

Enquanto estiver vivo, todavia,
Urge agora estancar a hemorragia
E me manter na mente os pensamentos.

Betim - 12 07 2020




Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
101
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 14/07/2020 15:31  Atualizado: 14/07/2020 15:31
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 354
 Re: URGÊNCIA-EMERGÊNCIA
és, caro Ricardo, extremamente criativo para qual tema for, digo pois;...eis o diário de um traumato sonetado. muito bom!
meu abraço caRIOca!


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 23/07/2020 17:17  Atualizado: 23/07/2020 17:17
Muito Participativo
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 71
 Re: URGÊNCIA-EMERGÊNCIA
Como converter um fato que nos passa despercebido muitas vezes em um poema? Peça que RicardoC o descreva...
Parabéns.