https://www.poetris.com/
Poemas : 

Flor no parque

 
Tags:  saudade    morte    glosa  
 
MOTE - FLOR NO PARQUE

Um aspecto de dor profunda
Na face, no peito escondida.
Soluços curtos, compassados...
Cortados em tristes sorrisos.
Amaro Ferraz

GLOSA - Mary Jun
Um aspecto de dor profunda
Chorava copiosamente parecia
Não acreditar que ali jazia
Seu eterno amor uma dor oriunda

Do decesso que traz uma agonia.
Na face, no peito escondida.
Uma flor despetalada, calada fria.
Que fora regada, agora adormecida!

Seu olhar distante pensamentos...?
Passos lentos coração cadenciado
Soluços curtos, compassados...
Sentimentos aglutinados momentos,

Que marca pela ausência
A saudade, rumo ao paraíso.
Como é viver com essa carência?
Cortados em tristes sorrisos.

Mary Jun
23/08/2.020
Open in new window


Mary Jun

 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 09/09/2020 19:13  Atualizado: 09/09/2020 19:13
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: Flor no parque
🌹

Pobre flor que é tão bela
sente saudade dos olhares de quem ali passa
neste melancólico sentimento de tanta beleza


Beijos poetisa Mary Jun