https://www.poetris.com/
Poemas : 

Às portas do templo abate-se a névoa

 

Às portas do templo abate-se a névoa sobre todos os degraus
No receio de cair, de precipitar os passos no vazio silencioso da dor
Chamo-te, procuro-te pelos pátios desertos
Pelos becos mais escuros do meu pensamento

Estendo a mão mas não te encontro

Não estás, já não preenches a metade que te pertence por inteiro
As portas do templo estão agora trancadas, selando o passado
A névoa, essa, continua a pairar sobre todos os versos que escrevo

Sem chão, sem horizonte, sem vento que me carregue.






Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.

 
Autor
silva.d.c
Autor
 
Texto
Data
Leituras
179
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
3
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/07/2021 04:13  Atualizado: 07/07/2021 04:13
 Re: Às portas do templo abate-se a névoa
*vesti-me dos teus versos, porq muitas vezes me sinto assim.
Na verdade, eu sinto tudo com uma sensibilidade exacerbada.
E, continuo muito fã da tua escrita.
Beijoka*


Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 07/07/2021 14:20  Atualizado: 07/07/2021 14:20
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1382
 Re: Às portas do templo abate-se a névoa
Consegui interagir com seu poema e foi uma inspiração.
Um poema completo mas deixa abertura para outras letras .

Fico a perguntar se existe um espírito superior acima da nuvens

O que significa as nuvens

Se as nuvens é ruim ela está descendo

Devemos atravessar as nuvens e subir os degraus


É poucas as escritas quê chegam a interagir.
Agradecida.