https://www.poetris.com/
Poemas -> Desilusão : 

CANÇÕES D'AMOR, MINHA AMADA

 
Tags:  CANCIONEIRO D\'ABADIA  
 
CANÇÕES D’AMOR, MINHA AMADA

Canções d’amor, minha amada,
M’exigis da pena fiel
Para alaúdes ao léu
Ecoar-vos na madrugada
Serenatas de cordel.

Nua, por sob o dossel
D’uma alcova encantada,
Quereis-me outra balada
De vossa beleza troféu
Sob a noite serenada.

Canções d’amor e de nada
-- Bem suaves; sem escarcéu --
Cantadas por sob o céu
A ver na noite estrelada
Vagalumes em tropel!

Eis-me poeta e menestrel
A cantar-vos, minha amada.
Por quem sois, vinde à murada
-- Estrela d’Alva em meu céu --
Luzir-me na madrugada.

........................


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
62
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.