https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

vão d'escripto

 
viracentos vão florais
jogos de loureiro
em botão
tabuleiros embutidos
de derrota
rota de michê
xeque-mate
cheiro morto de chico-esperto
perto de quê?

palavra à pala
vra
contam-se os vazios
um e dois e três e quatro
e vão dez
criptocristalinos
caminhos
onde se encontrarão
de encontrão
versos e frontes

horizontes
oceano
nox meu antero...
mais uma xerox
agora feminino
agora zero

 
Autor
benjamin
Autor
 
Texto
Data
Leituras
224
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
5
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Esqueci
Publicado: 17/10/2021 14:03  Atualizado: 17/10/2021 14:03
Da casa!
Usuário desde: 02/11/2019
Localidade:
Mensagens: 432
 Re: vão d'escripto
Comentário por MP.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 28/10/2021 21:38  Atualizado: 28/10/2021 21:38
Super Participativo
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 132
 Re: vão d'escripto
gostei da leitura. agradeço os mp.


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 29/10/2021 04:41  Atualizado: 29/10/2021 04:41
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: Luxor (Egito) / काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 1224
 Re: vão d'escripto
Sempre apreciei esses poemas em que as palavras soltas deixam ao leitor que crie seu próprio liame entre elas: a cada leitor, a cada humor um novo poema. Os jogos com as palavras de sonoridade próxima são outro ponto que me agrada. Recordo-me na escola, cursando o que se chamava de colegial, uma bela professora substituía nosso cruel mestre de português... ela nos apresentou a versos assim. Gostei demais, uma viagem no próprio poema e (para mim) no tempo.