Prosas Poéticas : 

agora que o sol se pôs

 
o tempo sequestra suas asas e algema o sorriso, os sonhos fazem-se nela silêncio, e a saudade faz-se grito...despe-se de Maio, veste-se de Outono, e os olhos secam...aos ombros carrega a tristeza, e na poesia fala de esperança que ainda lhe resta feita de retalhos...alimenta no peito gaivotas, lembranças que vão e voltam trazendo saudade de si, assim, nesta amarga condição vê chegar o frio à vida e o vazio à mente e ao coração... o corpo de garça abriu e fechou em flor, traz recordações presas às raízes da memória em conflito com o presente, e a idade sabe de cor, embora Janeiro faz por esquecer o ano inteiro, da sua boca rebentam palavras de cor outonal, navega em dois rios, num deixa-se levar pela trama do tempo, e no outro pega nos remos e rema contra a maré com fé, enquanto o coração estremece e, ainda que nada regresse volta sempre ao lugar do sonho sem ousar despertar... cansada da viagem, perdida desse rasto de si, olha a imagem e como louca ri...

natalia nuno


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
424
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
68 pontos
10
9
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 25/05/2023 19:44  Atualizado: 25/05/2023 19:44
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1935
 Re: agora que o sol se pôs
Olá Natália

As asas do tempo não param de bater
Mas são ilimitados os seus caminhos
Enquanto o astro rei não se esconder
A vida não para de fazer seus ninhos!

É muito bom quando a boa loucura nos faz rir!

Beijinho


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 25/05/2023 19:51  Atualizado: 25/05/2023 19:51
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1982
 Re: agora que o sol se pôs
Rir, é a melhor solução...

Sem quebra de verso é mais complexo pausar.
Faz-se a leitura dum fôlego.

Gostei


Enviado por Tópico
Aline Lima
Publicado: 25/05/2023 20:09  Atualizado: 25/05/2023 20:09
Usuário desde: 02/04/2012
Localidade: Brasília- Brasil
Mensagens: 607
 Re: agora que o sol se pôs
Olá, Rosafogo.

Que a poesia sempre fale e traga a esperança, assim como os seus versos.
Gostei muito da forma como você dispôs os seus pensamentos.
Bom fim de dia pra você.
Bj.


Enviado por Tópico
Sergius Dizioli
Publicado: 25/05/2023 21:49  Atualizado: 25/05/2023 21:49
Administrador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 2221
 Re: agora que o sol se pôs
Que precisa de pontos quando se conduz o expresso do coração?

despe-se de Maio, veste-se de Outono, e os olhos secam...aos ombros carrega a tristeza, e na poesia fala de esperança que ainda lhe resta feita de retalhos...

Para que pontos se são os pontos do coração tocados a cada trecho sucessivamente?

Janeiro faz por esquecer o ano inteiro, da sua boca rebentam palavras de cor outonal, navega em dois rios, num deixa-se levar pela trama do tempo, e no outro pega nos remos e rema contra a maré com fé, enquanto o coração estremece

Deliciosamente contínuo. Saudações.


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 27/05/2023 07:23  Atualizado: 27/05/2023 07:23
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3638
 Re: agora que o sol se pôs p/ rosafogo
olá rosafogo

rir, chorar mesmo que pareça insane , "que çá lixe " faz tão bem exorcizar.

gostei do teu exorcizar nesta composição poética que embora nostágica, algo sombria, deixa.me a intensidade de luz difusa.

atenciosamente
HC