Crónicas : 

24-HISTÓRIAS DE MEU AVÔ RAIZ

 
24-HISTORIAS DE MEU AVÔ RAIZ
Meu avô parece um senhor sério, com cara de poucos amigos, mas na realidade é um cara que sempre tem uma piada pronta, que adora fazer uma gozacão nos piores momentos, aí o pessoal não sabe se ele está falando sério ou brincando, até eu fico na dúvida. Ele me contou que um dia entrou no consultório, ele é veterinário, uma dona falando mal do marido sem pudores: meu marido não deixa o gato dormir na cama, quer deixar o bichinho no quintal, reclama muito de ter que comprar a ração dele, eu que tenho que pagar o veterinário. Meu avô, com a cara mais séria do mundo, saiu com essa - é por isso que eu não arrumei marido, marido, realmente é uma coisa insuportável! A cliente olhou para ele, não entendendo nada daquela observação, mas logo viu que meu avô estava de gozacão e riram muito da brincadeira. Outra dele, um dia chegou no consultório, uma madame trazendo um cão bem gordinho e a dona dele reclamava que ele estava quase 6 meses sem comer. Meu avô soltou essa pérola para a cliente - está faltando alguma coisa nessa história que a senhora está me contando ou ele faz fotossíntese, isso é um fenômeno no mundo canino! Um cão ficar 6 meses sem comer e estar gordinho, como ele está, não existe!
Aí a senhora riu e contou a realidade, ela dava comida na colher para o gordinho, aí a risada foi geral. Ele não comia na vasilha, tinha que dar na colher...Meu avô prosseguiu, pelo jeito ele vai passar o resto da vida sem comer, tadinho... Esse avô foi feito de encomenda!

 
Autor
Frederico Rego Jr
 
Texto
Data
Leituras
46
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.